Menu Papel POP

Lady Gaga revela que chorou em estúdio ao gravar seu novo disco

MAIS SOBRE:

Lady Gaga lançou, nesta sexta-feira (28), a tão aguardada “Stupid Love”, que havia vazado na internet há um mês atrás. O primeiro single do LG6 veio com um clipe todo futurista e entrevistas com Gaga já estão sendo divulgadas.

Conversando com o radialista Zane Lowe, do Beats 1, a artista comentou sobre seu objetivo com o novo álbum; o processo de criação dele e como foi trabalhar com Max Martin, um dos maiores hitmakers da música pop norte-americana.

“Ele é um produtor incrível. Nunca havia trabalhado com ele antes, eu sempre fui tipo ‘eu escrevo minha própria música, eu mesma produzo, não preciso trabalhar com Max, não é?’. E eu decidi deixar de ser uma babaca, finalmente o conhecer e sabe? Basicamente eu cantei em cima de uma canção que o Bloodpop havia feito. Mandamos o que eu cantei para Max, ele escolheu algumas partes, me devolveu, eu escrevi as letras e usei a melodia que ele escolheu e juntamos tudo quando fui ao estúdio dele. Eu olhei para ele e disse ‘é isso o que eu tenho para você’ e para mim, esta música se mantém de pé sozinha, com uma grande melodia, e se você a tocar no piano ainda soa sucesso. E ele amou, pediu para eu entrar na cabine. Aqueci a voz, gravei e o a ‘Stupid Love’ que você está ouvindo é a que foi feita naquele dia”.

Ela comentou que fez várias músicas felizes apesar de ter passado por um longo período de tristeza: “Chorei muito no estúdio, ouvia o que estava cantando, ouvia minha voz e ouvia a música, e isso era tão alegre e comemorativo.”

E deixou claro que será um disco leve e divertido, conseguindo superar sua melancolia com a ajuda de BloodPop, um dos produtores:

“Este álbum é um reflexo de como você pode reformular a maneira que vê o mundo, mas eu prometo e espero, que o amor que estava ao meu redor no processo de criar este álbum seja algo que outras pessoas sintam. Quero que as pessoas dancem e se sintam felizes. Eu gostaria de lançar música que um grande pedaço do mundo ouvirá, e que se tornará parte de suas rotinas e a fará felizes todos os dias”.

Continuou:

“Essas músicas passaram nas mãos de tanta gente diferente, há tantas diferentes interações nessas músicas porque queríamos que fossem perfeitas e literalmente ninguém se importava em colocar as suas impressões digitais nelas, desde que fosse a coisa mais legal que pudéssemos dar ao mundo, e que fosse significativo, autêntico e completamente eu”.

Ainda sobre o “LG6”, ela compartilhou a letra de uma música ainda não lançada. “Every single day yeah I dig a grave, then I sit inside it wondering if I’ll behave. It’s a game I play, and I hate to say you’re the worst thing and best thing that’s happened to me”. Em português: “todos os dias eu cavo uma cova, depois sento dentro dela pensando se eu irei me comportar. É um jogo que faço, e eu odeio dizer que você é a pior e a melhor coisa que me aconteceu”.

O sucessor do “Joanne” ainda não tem data ou nome revelados, mas muitos fãs acreditam que o título pode ser “Chromatica”, uma vez que o logo apareceu ao final do clipe de “Stupid Love”.

Comentários

Topo