Menu Papel POP
Foto: Reprodução

James Corden comenta que foi “intoxicado” pela fama e procurou terapia

MAIS SOBRE:

James Corden nem sempre foi tão amado pelo público, e para matéria do The New Yorker ele explicou como esse processo de ficar instantaneamente famoso o fez se comportar como um cara mimado. Tudo começou quando seu programa “Gavin & Spacey” virou um grande sucesso no Reino Unido. A comédia foi ao ar de 2007 a 2010.

“Comecei a me comportar como um pirralho que simplesmente não acho que sou. É tão intoxicante, essa primeira onda de fama. E acho que é ainda mais intoxicante se você não é criado para isso.”

O comportamento do ator e apresentador era mesquinho e ele começou a ser odiado pela mídia britânica. A certa altura, Rob Brydon, que interpretou o tio Bryn de “Gavin & Stacey”, foi questionar Corden durante o almoço. “Eu disse: ‘Olha, isso é um pouco estranho de se dizer, mas estou apenas ouvindo essas coisas sobre você e você precisa saber que a maneira como você se comporta tem um efeito nas pessoas’ ‘, lembrou Brydon.

As irmãs de Corden também intervieram, de acordo com a mãe dele: “Eles vinham e diziam a James: ‘Não seja idiota'”. Então James começou a procurar um terapeuta. Em sua primeira sessão, ele disse: “Eu costumava ser uma pessoa melhor que essa”. A celebridade tentou descobrir por que se sentia tão vazio. Ele começou a se forçar a ficar em casa à noite e comer jantares na frente de sua TV. “A coisa mais importante que eu tive que aprender a fazer”, disse ele, “foi ficar e ficar à vontade sozinho.”

Atualmente, ele apresenta o “The Late Late Show” (que já foi renovado para mais dois anos o seu contrato). Também esteve em “Cats”.

Comentários

Topo