Menu Papel POP

Elton John compara “Bohemian Rhapsody” a “Rocketman”: “O nosso diz a verdade”

As comparações entre “Rocketman” e “Bohemian Rhapsody” são algo completamente comum. Os dois filmes são biográficos e falam sobre lendas do rock, tem parte de sua ambientação feita nos anos 1970 e dividem até o mesmo diretor, Dexter Fletcher.

Em termos de qualidade, a gente sabe que nenhum deles decepciona, mas a Variety quis saber do próprio Elton John o que ele pensava a respeito disso. A resposta, publicada na tarde desta terça-feira (11), foi a seguinte:

“O nosso conta a verdade – mesmo que seja uma fantasia. Minha vida não pode ser coberta de açúcar, eu não queria que fosse”.

A declaração foi vista como uma alfinetada em virtude de falhas temporais e de representação de determinadas passagens da vida de Freddie Mercury, como sua luta contra a AIDS, que não foi explorada com fidelidade.

Em 2018, “Bohemian Rhapsody” venceu quatro prêmios Oscar, entre eles o de Melhor Ator entregue a Rami Malek. Já neste ano, “Rocketman” ofereceu a Elton John e Bernie Taupin, seu colaborador de longa data, o prêmio de Melhor Canção Original por “(I’m Gonna) Love Me Again”. Este, aliás, foi um dos pontos altos da premiação visto que a lenda se sentou ao piano pra uma interpretação icônica.

Logo, o cantor não poderia deixar de falar sobre a ausência de indicações para Taron Egerton, que em sua palavra teve “um ótimo desempenho”.

“A performance de Rami Malek ganhou um Oscar; o Taron não foi indicado, mas ambos foram ótimos desempenhos. ‘Bohemian Rhapsody’ foi um filme para todos e funcionou de forma brilhante. Trouxe a ótima música de Freddie Mercury para um monte de gente que nunca nem tinha ouvido falar dele. Estou emocionado com os caras [do Queen].”

Assista ao live:

Comentários

Topo