Menu Papel POP

Diretor Spike Lee se torna o primeiro negro a presidir o júri do Festival de Cannes

Fazendo história, Spike Lee foi escolhido como o próximo presidente do júri do Festival de Cannes — que vai acontecer entre os dias 12 e 23 de maio. Essa será a primeira vez que um negro vai ocupar o cargo.

A informação foi revelada pelo Instagram nesta terça-feira (14). Veja o anúncio na íntegra:

View this post on Instagram

Le cinéaste américain Spike Lee présidera le Jury du 73e Festival de Cannes! Cannes est une terre d’accueil pour ceux qui (r)éveillent les esprits et la personnalité flamboyante de Spike Lee promet beaucoup. Quel Président sera-t-il? Rendez-vous à Cannes! Plus d'infos: https://www.festival-cannes.com/fr/infos-communiques/communique/articles/spike-lee-president-du-jury-du-73e-festival-de-cannes —– Welcome to Spike Lee as President of the Jury of the 73rd Festival de Cannes! Cannes is a natural homeland for those who (re)awaken minds. Lee's flamboyant personality is sure to shake things up. What kind of President will he be? Find out in Cannes! More info: https://www.festival-cannes.com/en/infos-communiques/communique/articles/spike-lee-president-of-the-jury-at-the-73rd-festival-de-cannes #Cannes2020 #spikelee #spikeleejoint🎥 @officialspikelee

A post shared by Festival de Cannes (@festivaldecannes) on

“O cineasta americano Spike Lee presidirá o júri do 73º Festival de Cannes! Cannes é uma pátria natural para quem desperta a mente. A personalidade extravagante de Lee certamente agitará as coisas. Que tipo de presidente ele será? Descubra em Cannes!”

O diretor já marcou presença no festival diversas vezes, apresentando nada menos que sete de seus filmes. Aliás, em 2018, ele ganhou o Grande Prêmio por “Infiltrado na Klan“, que foi inspirado na história de um negro que se infiltrou na Ku Klux Klan.

O resto dos membros do júri devem ser anunciados em abril. Juntos, eles terão a tarefa de escolher o sucessor de “Parasita“, que levou a Palma de Ouro em 2019

Comentários

Topo