Menu Papel POP

Casa 1, importante centro de acolhida LGBTQ+, tem sua história contada em livro

MAIS SOBRE:

Olha que lindeza! A Casa 1, importante centro de apoio a pessoas LGBTQ+ em situação de vulnerabilidade, teve seu cotidiano transformado em livro. Disponível em pré-venda a partir desta terça-feira (21), “Manda as Bicha Descer: Histórias do Cotidiano da Casa 1” é obra da jornalista Camila Cetrone e chega às lojas inicialmente em formato e-book.

Com a promessa de narrar ainda o surgimento do projeto e daqueles que trabalham em prol da ONG, o material aborda as vivências LGBTQ+ do espaço, fundado pelo jornalista e RP Iran Giusti. Considerada um dos primeiros espaços de acolhida inteiramente voltado para a população queer, a Casa 1 surgiu quando Iran decidiu transformar os quartos de sua residência, alugados até então como Airbnb, quando percebeu que vários de seus hóspedes tinham demandas maiores. Nas palavras dele:

“Percebi como era necessária a existência de um espaço capaz de acomodar mais pessoas, em que corpos LGBTs negros e periféricos pudessem ocupar um espaço que fosse aberto para ouvir e falar sobre suas experiências”.

Em 2019, a ONG ameaçou fechar suas portas em virtude da ausência de verbas que mantivessem seu funcionamento. Mantida majoritariamente por contribuições mensais de pessoas físicas, foi por meio do trabalho voluntário de colaboradores e suas experiências no espaço que a autora enxergou a possibilidade de um livro.

Após receber várias negativas de entrevista, Camila optou por ser voluntária na biblioteca do espaço ao longo de 6 meses. Imersa no ambiente, ela passou a conviver com os moradores e moradoras do espaço, bem como em seu entorno, transformando seu trabalho de observação em livro.

A gente reforça que metade do lucro da obra será revertido em doações para a Casa 1, que oferece além de um lugar pra morar oficinas diárias, trabalhos com crianças que vivem no entorno e distribuição de roupas. O livro pode ser adquirido clicando aqui.

Comentários

Topo