Menu Papel POP

As séries que gostaríamos que voltassem em 2020!

A gente tá vivendo uma era de revivals, remakes e reboots que minha nossa! Só em 2019, séries que amamos como “Will & Grace”, “Gilmore Girls”, “Full House”, “Veronica Mars” e até “The X-Files” retornaram pra fazer nossa alegria.

Recentemente, até “Lizzie Mcguire”, clássico dos anos 2000, prometeu uma continuação diretamente de onde parou, em 2016. Pelo menos por aqui surgiu a reflexão: quais outros seriados que marcaram nossa vida que gostaríamos que voltassem? Toma aqui essa lista dos sonhos com produções que poderiam muito bem fazer seu comeback em 2020. É só uma dica, sabe como é… a esperança é a última que morre!

iCarly

Resultado de imagem para icarly

Seria definitivamente legal ver “iCarly” voltar na era do Youtube, Instagram e até TikTok.

Para quem não se recorda, Carly Shay (Miranda Cosgrove) é uma pioneira dos webshows. Ao lado de sua amiga Sam Puckett (Jennette McCurdy) e Freddie Benson (Nathan Kress), eles criam um dos programas mais populares da internet, o iCarly.

Eles gravavam e, por meio de livestream, colocavam um programa todinho no ar em seu site, semanalmente. Se o webshow continuasse, elas com certeza seriam influencers com milhões de seguidores dentro da série da Nickelodeon. Aliás, elas já eram quase isso, levando em conta que até o One Direction e Michelle Obama apareceram em seu estúdio! Que youtuber famoso conseguiria uma façanha dessas, gente?! Hahahaha

Elas poderiam fazer vlogs, stories, tiktoks e uma série de coisas diferentes. Sam não teria que viver mais como babá como mostrado em “Sam & Cat”, ela, Carly e Freddie poderiam facilmente viver das redes sociais.

Viajando um pouco mais, seria até interessante ver temas como a “cultura do cancelamento”, milhares de fãs comentando sobre sua vida pessoal e a ansiedade que as redes sociais também podem causar. A série terminou antes da explosão do Instagram, então seria algo bacana a ser explorado.

Vamos torcer para que, quem sabe um dia, tenhamos um revival deste clássico teen avant garde.

Zoey 101

Resultado de imagem para zoey 101

Mais uma série da Nick! “Zoey 101” acabou de forma abrupta e seria super interessante ver por onde andam os estudantes da Pacifc Coast Academy 11 anos depois. A série foi ao ar entre 2005 e 2008 e houve rumores de que poderia ganhar um reboot com sua protagonista, Jamie Lynn Spears, mas até agora…

Recentemente, o elenco se encontrou e publicou uma foto no estúdio da Nickelodeon, mas, pra nossa tristeza, eles estavam apenas gravando um episódio especial de “All That”. Seria prazeroso vê-los já adultos, quem sabe casados e com filhos estudando no PCA também. Fora que a gente shippava muito Zoey e Chase (Sean Flynn)! Será que eles continuariam juntos depois daquele final super romântico e fofo?

Friends

“Friends” completou 25 anos em 2019 e foi exibida originalmente ao longo de uma década, entre 1994 e 2004, pelo canal NBC. É uma das sitcoms mais famosas até hoje e, por ser muito querida pelos fãs, muitos de nós gostaríamos de ver uma continuação.

O que aconteceu com Ross (David Schwimmer) e Rachel (Jennifer Aniston)? Monica (Courteney Cox) e Chandler (Matthew Perry)? E o casamento de Phoebe (Lisa Kudrow) e Mike (Paul Rudd)? E Joey (Matt LeBlanc), será que conseguiu se tornar um ator de sucesso?

Só um episódio especial de revival já seria de bom tamanho – embora o criador, David Krane, tenha comentado recentemente que a série não ganhará uma continuação… A própria Jennifer Aniston revelou também que uma continuação “estragaria a série”. Fora de cogitação?

Talvez seja mais seguro não mexer no que terminou no auge, mas que a gente gostaria de uma sequência, ah… gostaríamos sim!

That ’70s Show

Topher Grace já disse em 2018 que faria um revival de “That ’70s Show” se o resto do elenco topasse. Seria hilário ver de novo a gangue toda reunida no porão dos pais do Eric, Kitty (Debra Jo Rupp) e Red Forman (Kurtwood Smith).

A série foi ao ar de 1998 a 2006, mas o tempo dentro da narrativa foi de 17 de maio de 1976 (aniversário de Eric) a 31 de dezembro de 1979. Se voltasse, poderia ser na década de 90, já que se passaram 13 anos desde o fim da sitcom.

Algumas perguntas poderiam ser respondidas, tais como: Eric e Donna ficaram juntos após o reencontro no final da série? E se sim, eles teriam se casado? Jackie (Mila Kunis) e Fez (Wilmer Valderrama) ainda estariam juntos? O grupo ainda é amigo ou se distanciou? Kitty Forman, com certeza, continuaria icônica! Adoraríamos ver mais dela.

The OC

Seria tudo se “The OC” voltasse! O drama que se passa em Orange County, Newport Beach, na Califórnia, esteve na nossa vida durante quatro temporadas até ser cancelado em 2007, após uma forte queda na audiência.

A série segue a vida de Ryan Atwood (Ben Mackenzie), que é expulso de sua casa em Chino, e logo em seguida adotado por Sandy (Peter Gallagher) e Kirsten Cohen (Kelly Rowan), que formam uma família rica. Ele vira amigo de seu novo irmão Seth (Adam Brody) e começa a se relacionar com Marissa Cooper (Mischa Barton).

Nessa história rola muuuito drama e várias reviravoltas, culminando em um final agridoce e redondinho. Se voltasse, seria interessante ver o que acontece com Ryan (Ben Mackenzie) e o menino que ele encontra, focando na trajetória do jovem.

E, claro, também ver o que acontece com os casais Summer e Seth e Ryan e Taylor.

Freaks and Geeks

Com apenas uma temporada, “Freaks and Geeks” foi aclamadíssima pela crítica, levando até um Emmy de Melhor Elenco em Série de Comédia.

A série foi ao ar de 1999-2000 e se passa em 1980. Acompanhamos nela a adolescente Lindsay Weir (Linda Cardellini) e seu irmão mais novo, Sam, entrando no ano letivo na William McKinley High School.

Os amigos de Lindsay são os “freaks” – Daniel Desario (James Franco), Ken Miller (Seth Rogen), Nick Andopolis (Jason Segel), e Kim Kelly (Busy Phillips). Já os amigos de Sam, os “geeks” – Neal Schweiber (Samm Levine) e Bill Haverchuck (Martin Starr).

Curioso sobre as possibilidades narrativas não exploradas? Em uma entrevista em 2012 à Vanity Fair, Paul Feig, o criador da série, detalhou o que teria acontecido aos personagens em uma segunda temporada: Lindsay se tornaria uma advogada de direitos humanos, anos depois de seguir a banda Grateful Dead em turnê, com Kim. Sam teria se juntado ao clube de teatro. Neal lidaria com o divórcio de seus pais participando de um coral na escola. Bill se juntaria ao time de basquete, tornando-se atleta e criando tensão com os nerds. Daniel acabaria na prisão. Kim ficaria grávida durante a turnê de Grateful Dead. Nick seria pressionado por seu pai rigoroso a ingressar no Exército.

E o que aconteceria com eles 20 anos depois disso? Vale ressaltar que um possível revival se passaria nos anos 2000, o que seria tudo de bom.

The Carrie Diaries

A série prelúdio de “Sex and The City” é igualmente baseada no livro homônimo de Candace Bushnell.

A primeira temporada foca na adolescente – mas já icônica – Carrie Bradshaw (AnnaSophia Robb) durante seu primeiro ano do ensino médio em 1984, enquanto explora a vida em Nova York. Vemos ela trabalhando em um escritório de advocacia e, ao mesmo tempo, em uma empresa de revistas.

A segunda temporada dá mais enfoque em seu namoro e a vida de seus amigos. O final é deixado meio em aberto, uma vez que Carrie acaba decidindo ficar em Nova York ao invés de se mudar com Sebastian para Califórnia. “Carrie Diaries” foi ao ar de 2012 a 2014, quando foi cancelada.

Poderíamos ver o que aconteceu com Carrie depois, focando em mais aventuras, e como Samathan e Carrie se conhecem. Mas e o restante do grupo? Será que Carrie conseguiu entrar na faculdade e trabalhar na revista dos sonhos?

Hannibal

A perfeição em formato de série! “Hannibal” foi cancelada lá em 2015, mas, diferente de muitos programas, ela conseguiu ter sua conclusão na terceira temporada.

Mesmo assim, os fãs ficaram com o gostinho de “quero mais”, já que o final poderia abrir caminho para uma nova temporada. Seu criador, Bryan Fuller, já revelou o desejo de continuar o seriado. Em 2015, ele revelou que estava pensando em fazer um filme com os mesmos atores com a história do “Silêncio dos Inocentes”.

Já em 2016, ele contou que gostaria de fazer uma minissérie e que o elenco estava pronto para voltar. Meses depois, Mads Mikkelsen disse que o produtor ainda estava adquirindo os direitos para “Silência dos Inocentes” e posteriormente o próprio Fuller confirmou que estava procurando um serviço de streaming para distribuir o projeto.

Então ainda há esperanças de que “Hannibal” possa voltar algum dia. Ela recebeu aclamação da crítica e até se consolidou como uma série cult… Será? Ver Mads e Hugh Dancy interagirem de novo na telinha seria delicioso. Ai, Gabi, só quem viveu sabe…

Conta aqui: quais dessas séries você gostaria de ver voltando?

Comentários

Topo