Menu Papel POP

Liam Payne é acusado de tratar mulheres bissexuais como fetiche em música

MAIS SOBRE:

Ixi…

Liam Payne lançou seu primeiro álbum solo nesta sexta-feira (06) e já está dando o que falar… mas de forma negativa.

O ex integrante da One Direction fez uma música intitulada “Both Ways”, que está recebendo muitas críticas por sexualizar e tratar mulheres bissexuais como fetiche.

Veja aqui a letra traduzida:

Daí, muitas fãs se revoltaram com a música e começaram a tag #LiamPayneIsOverParty, (ou Liam Payne está cancelado, em português claro) que entrou nos trends mundiais do Twitter.

A maioria das opiniões foi negativa:

“Então o Liam decide escrever uma música fetichizando mulher bissexuais? E tinha dito anteriormente que não deixaria seu filho perto do Harry Styles porque ele se veste de forma ‘feminina’? Jogue ele inteiramente fora, isso é nojento.”

“Eu estou com medo. Como bissexual, eu estou com medo. Um dos homens em que eu me inspirava acha que é ok escrever uma música como essa. Estou muito brava”.

“O fato de que Liam Payne, seu empresário e produtores pensaram que era ok que esse lixo que sexualiza mulheres bi fosse lançado é asqueroso. vocês apoiam isso?”

“Eu nunca gostei do Liam Payne. Nem em 1D. Eu senti sua personalidade nojenta a quilômetros de distância.”

“Como uma antiga directioner, estou desapontada”.

Alguns fãs, contudo, questionaram o “cancelamento” do artista:

De qualquer forma, ouça aqui e tire suas próprias conclusões:

Comentários

Topo