Menu Papel POP

Jennifer Aniston, Michelle Obama, Jennifer Lopez e Taylor Swift estampam capas da People

A revista norte-americana People liberou nesta quarta-feira (4) as capas do “People Of The Year” (Pessoas do ano, em português). E para a publicação, temos pessoas importantíssimas como Jennifer Aniston, Michelle Obama, Jennifer Lopez e Taylor Swift.

Olha só que lindas e alguns trechos das entrevistas já liberadas.

Aniston:

Segundo Jennifer Aniston, este ano a fez ver o que capaz ela é. No ar com “The Morning Show”, da Apple TV+, a atriz disse que a nova empreitada foi algo muito legal, mas assustador ao mesmo tempo. Além de atuar na produção, ela também é produtora-executiva do projeto.

“Foi emocionante e aterrorizante. Mas, ao mesmo tempo, incrivelmente gratificante”

A discussão do movimento #MeToo também foi algo que deixou a atriz muito feliz. Anteriomente, ela já havia se posicionado pela causa, mas por conta do seriado, reafirmou seu apoio ao movimento que protesta contra o assédio sexual e a agressão sexual.

“[Fico] emocionada porque a reação é incrível e há muito apreço por isso”

Michelle:

Para Michelle, a ex-primeira dama dos Estados Unidos, entrar em turnê para promover seu livro “Becoming”, ou “Minha História” no Brasil, foi algo desafiador e muito diferente de tudo que já havia feito antes – que se relacionava muito com política.

“Reconheço agora que o livro de memórias e a turnê são realmente diferentes do que eu havia feito antes – eu não estava promovendo política ou uma companha. Eu estava lá fora, sozinha, conversando sobre meus sentimentos e vulnerabilidades”

JLo:

Neste ano, Jennifer Lopez protagonizou o filme “As Golpistas”, que garantiu críticas muito boas ao redor do mundo e começaram a criar um grande buzz sobre a provável indicação da diva ao Oscar. Além disso, ela também anunciou que fará a apresentação do intervalo do Super Bowl, ao lado de Shakira.

“Isso mostra que os sonhos se tornam realidade. Mas você tem que trabalhar nisso e não desistir. A parte principal é não desistir. Para mim, não é uma escolha. Você não pode parar”

Taylor:

O ano de 2019 foi mega atarefado para Taylor. Ela veio com seu novo álbum, “Lover”, recebeu prêmios importantes como ‘Artista da Década’ no American Music Awards, teve problemas com sua antiga gravadora e Scooter Braun mas mesmo assim não parou.

Por conta disso, Taylor vem comentando bastante sobre a forma que a indústria musical age, principalmente com artistas mais novos:

“Estou em posição de falar, felizmente, por isso, se alguém que é mais jovem que está assinando um contrato de gravação pode aprender com isso, então é um bom dia. Quando eu assinei meu contrato com a Universal Music Group, eles concordaram em pagar uma parcela significativa para seus artistas quando venderem suas ações do Spotify. É uma coisa extremamente importante para mim como artista, porque acho que esse é o nosso plano de aposentadoria e é isso que devemos deixar para os nossos filhos”

Belíssimas, né?

Comentários

Topo