Menu Papel POP

Ian Somerhalder comenta sobre atuar novamente numa série de vampiros: “Eu amo”

MAIS SOBRE:

Ian Somerhalder está de volta ao mundo dos vampiros.

Como já demos aqui, seu novo projeto é uma série de vampiros da Netflix, chamada “V Wars” ou “Apocalipse V”, no título traduzido.

O ator, que passou oito anos interpretando o bad boy Damon Salvatore em “The Vampire Diaries”, diz que está super animado para voltar ao gênero vampiresco, mas, desta vez, ele interpreta um humano, o Dr. Luther Swann.

Ao Ew, comenta:

“É um escopo tão diferente. Eu gostaria de pensar que aprendi um pouco depois de oito anos de televisão nesse gênero. Eu amo esse gênero. Tem sido muito bom para mim. Mas também, é tão único. É tão vasto. Há muito que você pode fazer com isso.”

Enquanto TVD era um romance sobrenatural com triângulo amoroso, Somerhalder explica que “V Wars”, baseado na história em quadrinhos de mesmo nome do escritor Jonathan Maberry, tem uma pegada mais científica e sociopolítica, contando a história de um cientista (Somerhalder) e seu melhor amigo (Adrian Holmes), que se torna um vampiro e a ascensão de vampiros na sociedade a divide e cria conflitos.

“Quando você junta esse aspecto científico de maneira fundamentada, pode expor questões sociais dentro do gênero”, compartilha Somerhalder. “E há muitos gêneros aqui. Estamos nos concentrando em aspectos do gênero de terror, que funcionam muito bem juntos”, termina.

Ian também entra como produtor executivo e diretor da série. Ele ressalta que os vampiros do novo projeto não são símbolos sexuais como os de TVD.

“Essas criaturas são assustadoras. Como em The Vampire Diaries, eles são sexy, são legais mesmo quando se transformam, ainda podem fazer piadas. Estas são criaturas assassinas. Nenhum deles quer ser. Mas se você estivesse em uma sala com uma dessas pessoas, primeiro de tudo, provavelmente não entenderia, mas correria pela vida. Portanto, não há nada de romântico neles.”

Somerhalder também comenta que a série toca em problemas de extrema importância social.

“Lidar com as coisas com as quais estamos lidando agora, é o que esse programa está realmente focando: fronteiras, racismo, doença, medo, política, política do medo, como isso entra em nossa psique e em nossos dispositivos na era do algoritmo. Nós estamos enfrentando muito. Para nós, ‘V Wars’ é realmente sobre o ‘e se’. O que acontece quando há tantos vampiros que as companhias aéreas comerciais não conseguem mais funcionar? O que acontece quando o sistema bancário começa a desmoronar porque muitas pessoas estão doentes e não pagam suas contas? O que acontece quando essas pessoas precisam de representação legal ou representação do Congresso, representação parlamentar? Essas são grandes ideias de sustentação às quais a sociedade literalmente terá que se adaptar. Não é apocalíptico; está fundamentado na ciência. “

A série tem sua estreia no dia 05 de dezembro.

Comentários

Topo