Menu Papel POP

Diretores de “Um Espião Animal” mostram como pombos são legais em painel da CCXP

A Disney dominou o sábado da CCXP e, depois do painel de “Dois Irmãos”, foi a vez de mostrarem a animação “Um Espião Animal”. O filme entrou na cartela da Disney após a aquisição da 20th Century Fox e conta com Will Smith e Tom Holland na dublagem americana.

Nick Bruno e Troy Quane, diretores da animação, foram ao palco para contar tudo. Em “Um Espião Animal”, Will Smith dá a voz a um espião renomado que testa uma tecnologia de disfarce feito pelo jovem cientista da agência. Ele então é transformado em um pombo e os dois precisam resolver um grande caso.

Eles contam que fazer uma animação dá muito trabalho, pois eles precisam criar um universo inteiro do zero. “Trabalhamos com mais de 500 artistas para fazer isso”.

“Nada vem pronto. Você tem que criar desde uma folhinha de grama até um prédio ou uma simples poeira. […] Você também tem que criar um personagem que seja incrível e ao mesmo tempo seja alguém com quem as pessoas se identifiquem” completam.

Eles também prometem agradar os fãs de espionagem, que curtem James Bond, Jason Bourne e afins! “Se você gosta de 007, de Jason Bourne, você vai amar esse filme porque enchemos ele de Easter eggs e referências. Você vai assistir ao filme e pensar ‘Nossa, eu sei de onde isso vem!’”

Mark Ronson, que já conhecemos por músicas com Miley Cyrus, Lady Gaga e Amy Winehouse faz três músicas no filme! “Inclusive, ele faz a trilha sonora, que é uma nova versão daquelas típicas músicas de espionagem que conhecemos”.

Os instintos de uma pomba

Vimos duas cenas: uma com a transformação de Will Smith num pombo, que por si só já foi genial e logo engata numa perseguição muito atrapalhada, e outra em que Will Smith precisa dar um jeito de conseguir algo sem saber direito como ser um pombo.

Dá para perceber nesses poucos minutos que a produção do filme estudou muito e arquitetou uma forma bem criativa de juntar os instintos, funções e especificidades de um pombo na vida real com o fato de ser um agente de espionagem animado. Ele passa por vários problemas ao se transformar num pombo, como também algumas vantagens bem impensáveis.

Em certo momento, eles listaram várias vantagens de ser um pombo, como ter visão 360 graus, voar super rápido e enxergar em câmera lenta. “Esperamos que no final do filme vocês criem um respeito maior por pombas, porque elas são realmente incríveis”, dizem.

Estamos realmente curiosos para sermos convencidos disso! Hahahaha. “Um Espião Animal” estreia em 23 de janeiro de 2020.

Comentários

Topo