Menu Papel POP

Rihanna lança coleção com pele de cordeiro e é criticada na internet

MAIS SOBRE:

Ish…

Rihanna tem sua grife de roupas de luxo, Fenty, e sua última coleção lançada pegou todo mundo de surpresa. Mas não foi uma surpresa positiva. Isso porque a artista lançou jaquetas e acessórios que são 100% feitas com pele de cordeiro.

Os itens são alguns, como: um casaco de couro (3660 dólares), uma jaqueta creme (2440 dólares) e um cachecol de 760 dólares.

 

Só que isto não foi bem visto pelos internautas. Movimentos como o fur-free (livre de pele) cresceram muito nos últimos anos e marcas como Chanel, Gucci, Ralph Lauren, Versace, Giorgio Armani e Tom Ford já baniram a prática do uso de pele animal, utilizando apenas pelos sintéticos.

O movimento pelo direito animal vem crescendo bastante. E, mesmo alguns de seus fãs, estão falando que ela pode ser ou já está sendo “cancelada”. Veja alguns tweets:

Já tem gente falando que a atitude foi errada, mas que ela não deveria ser cancelada por isso. Ou que é grande demais pra ser.

Já tem gente falando que estão “passando pano” pra ela e que quem consome outros produtos de origem animal e quer cancela a artista não poderia criticá-la.

Não é a primeira vez que RiRi tem uma polêmica em relação a isto. Em 2017 ela apareceu em um evento da Dior com um casaco de pele animal e após isto a ONG PETA (que luta pelos direitos dos animais) escreveu uma carta a ela.

“Nós vimos os numerosos comentários de fãs decepcionados por vê-la usando pele no evento da Dior na semana passada. Como nós, eles desejam que você se desfaça de suas peles e escolha usar as que pareçam de animais mortos, mas que não o sejam de fato” escreveu Andrew Bernstein, o gerente de comunicação, em carta divulgada pelo The Hollywood Reporter.

Rihanna ainda não se pronunciou sobre a polêmica atual.

Comentários

Topo