Menu Papel POP

Gravadora nega acusações de Taylor Swift: “a narrativa que você criou não existe”

Ih, gente! Essa história ainda vai ter muitos desdobramentos pelo visto. Há pouco, contamos que Taylor Swift desabafou em suas redes sociais sobre ter sido proibida por Scooter Braun de apresentar suas antigas canções – que pertencem ao catálogo de sua antiga gravadora – no American Music Awards deste ano.

Porém, a gravadora Big Machine Records emitiu um comunicado, acusando Taylor de ter mentido publicamente. Eles disseram que não proibiram a cantora de apresentar as faixas – alegaram que nem podem fazer isso -, além de afirmarem que Swift deve milhões à empresa.

A Billboard reproduziu o comunicado da empresa de Scooter Braun e Scott Borchetta (que “descobriu” Taylor quando ela mais nova):

“Como parceiros de Taylor por mais de uma década, ficamos chocados em ver os depoimentos no Tumblr ontem baseados em falsa informação. Em nenhum momento dissemos que Taylor não poderia se apresentar no AMAs ou bloqueamos seu especial para a Netflix.

 

Na verdade, nós não temos o direito de proibi-la de se apresentar ao vivo onde quer que seja. Desde que Taylor tomou a decisão de deixar a Big Machine no último outono, nós continuamos a honrar todos os seus pedidos de licença de catálogo a terceiros enquanto ela promove seu atual álbum [“Lover”] que nós não temos participação financeira.

 

A verdade é que Taylor admitiu dever milhões de dólares contratualmente à nossa empresa, que é responsável por 120 dedicados trabalhadores que a ajudaram a construir sua carreira. Nós trabalhamos incansavelmente para conversar com ela e sua equipe sobre essas questões nas últimas duas semanas e estávamos otimistas até ontem. No entanto, apesar dos nossos esforços de encontrar uma solução satisfatória e privada, Taylor tomou uma decisão unilateral ontem à noite de envolver sua base de fãs em uma ação calculada que afeta a segurança dos nossos empregados e suas famílias.

 

Taylor, a narrativa que você criou não existe. Tudo o que nós pedimos é ter uma conversa direta e honesta. Quando isso acontecer, você vai ver que não há nada além de respeito, compaixão e apoio esperando por você do outro lado. Até a data de hoje, nenhum dos pedidos de conversa foi aceito. Rumores surgem na falta do diálogo. Não vamos continuar nisso. Nós dividimos um objetivo coletivo de dar aos seus fãs o entretenimento que eles querem e merecem.”

Esperamos que a situação se resolva da melhor maneira possível.

Comentários

Topo