Menu Papel POP

Zara Larsson dá indireta a Demi Lovato por não se posicionar sobre conflito em Israel

Senta que lá vem história…

Demi Lovato viajou recentemente para Israel, a fim de se reconectar com a própria fé e até tomou a iniciativa de se batizar nas águas do Rio Jordão (local que, segundo historiadores, o próprio Jesus Cristo também se batizou).

Eis que após dividir esse momento com seus seguidores, Demi recebeu uma série de críticas. O país vive uma luta armada com a Palestina – episódio que remonta ao final do século XIX, quando começaram a se acirrar as tensões entre judeus e muçulmanos no território.

Daí, Demi sofreu um represália por ter ido ao local (o que acontece com todo mundo que marca show no país). A artista de “Sober” comentou que foi uma viagem patrocinada e que ninguém a havia falado sobre o possível backlash.

“Esta viagem tinha o objetivo de ser uma experiência espiritual para mim, não uma declaração política. Agora eu percebo como isso ofendeu as pessoas e sinto muito por isso. Peço desculpas por não ser mais informada e peço perdão por ter achado que essa viagem seria apenas uma experiência espiritual”.

Só que então Demi começou a discutir com os fãs no Insta, o que gerou alguns comentários do tipo:

Image

“Isso é literalmente pedir para que eu escolha um lado. Eu não vou me posicionar e escolher um lado. Eu fui pra um lugar por motivos religiosos. É ISSO.”

Daí Demi ressaltou que não tem uma opinião formada sobre o caso:

Image

“Ok, mas vocês entende que eu não tenho uma opinião sobre os conflitos do Oriente Médio e que não é meu lugar ter uma já que sou uma cantora americana e você está pedindo para que eu escolha um lado?”

AÍ que entra Zara Larsson. A sueca provavelmente acompanhou a treta e se posicionou no Twitter:

“‘Eu não posso escolher lados na política’ sim você pode, você apenas não se importa o que a faz automaticamente uma parte do lado opressor, oops desculpe, eu não faço as regras”.

Eita…. Uma fã então respondeu: “Você pode dizer o mesmo de JLo e Hailee Steinfeld que visitaram o mesmo local e agiram como se nada estivesse acontecendo”.

“Esse não é um post direcionado apenas para Demi, se isso é o que você está se referindo, mas é para todas as pessoas que pensam que sua opção de não se envolver na política é tudo menos privilégio.”

Demi ainda não se pronunciou sobre os comentários de Zara.

O que acham disso tudo?

Comentários

Topo