Menu Papel POP

“Amo sentar e chorar te ouvindo”, diz Elton John a Lana Del Rey

MAIS SOBRE:

A Rolling Stone divulgou nesta quinta-feira (24) que organizou um encontro épico entre Elton John e Lana Del Rey. Capa de um especial da revista, a dupla entrevistou um ao outro, marcando o início de uma série de dez entrevistas entre dois cantores.

Olha só que chique:

Um dos grandes destaques da conversa foi o momento em que os dois falaram sobre a polêmica performance que Lana fez no Saturday Night Live no ano de 2012. Para quem não sabe, na época, a cantora foi massacrada pela audiência e produção do programa por seu nervosismo durante a apresentação. Elton fez questão de dizer como se sentiu em relação ao episódio.

“Você passou por aquela coisa horrível no SNL. Foi tão angustiante para mim assistir alguém ser tão crucificado. Eu assisti a performance e não achei tão ruim. Isso ia acabar com a maioria das pessoas. Foi um ataque ultrajante”

Ainda falando sobre o início da carreira de Lana, a artista foi questionada sobre quando decidiu investir na música. Ela respondeu o seguinte:

“Quando eu fui para a faculdade, definitivamente pensei que não seria cantora. Só que depois do meu primeiro ano eu li “Think and Grow Rich”, de Napoleon Hill. Não era necessariamente sobre dinheiro. Mas quando ele falou sobre queimar todas as pontes exceto aquela única que vai te levar ao seu grande desejo eu pensei: “Meu maior desejo é cantar”. Então eu me mudei e me graduei em filosofia, porque eles me disseram que eu nunca conseguiria um emprego cantando”

Já abordando o momento atual de suas vidas, Elton John explicou o que o levou a parar de fazer turnês. Para ele, seu marido David Furnish e seus filhos — Elijah (6) e Zachary (8) — são uma prioridade.

“Há dez anos. eu nunca pensei que diria adeus à estrada. Mas eu tenho uma família e a amo mais que qualquer outra coisa. Eu a amo mais que amo a minha música. A proposta agora é nos certificar que nossos meninos estão tendo a melhor educação, a melhor chance de fazer coisas e, mais que isso, ter a certeza de que eles estão recebendo muito amor”

Por fim, o cantor ainda aproveitou para elogiar a postura reservada de Lana e chegou até a compará-la com Prince.

“Eu acho que essa é a melhor coisa que você tem. As pessoas acham que me conhecem, mas eles só falam sobre o cabelo, óculos e gastos. Eles não sabem nada sobre mim. Eu não dou mais entrevistas. O místico é importante. Sua misticidade é seu maior patrimônio. É isso que o Prince tinha. Ninguém sabe quem era o Prince”

Elogios acerca do trabalho da artista também não ficaram de fora.

“Eu gosto da miséria. Suas músicas não são miseráveis, mas elas evocam o emocional dentro de você. Há talvez um pouco de tristeza ali, um pouco de melancolia, um pouco de nostalgia. É isso que eu amo. Amo sentar ali e chorar. Principalmente se alguma coisa me faz chorar mesmo que eu estiver tendo um boa fase. Pareço louco?”

Mais encontros como esse devem ser promovidos pela Rolling Stone em breve.

Quem será a próxima dupla?

Comentários

Topo