Menu Papel POP

Patricia Arquette lamenta morte da irmã Alexis Arquette e fala de pessoas trans no Emmy 2019

Que atriz!

Patricia Arquette ganhou neste domingo (22) o Emmy de Melhor Atriz Coadjuvante em Série Limitada com “The Act”. Seu discurso foi poderosíssimo, citando sua irmã transgênero Alexis que morreu de complicações de AIDS em 2016.

“Muito grata por trabalhar aos 50 anos, tendo a melhor parte da minha vida. Isso é maravilhoso. Perdi a minha irmã e as pessoas trans ainda estão sendo perseguidas. Choro todos os dias, Alexis, e vou chorar todo dia por você. Até que a gente mude o mundo pras pessoas trans não serem perseguidas. Deem um trabalho a eles. Temos em todos os lugares.”

Durante a fala, Laverne Cox levantou e mostrou a bolsa de arco-iris, símbolo de resistência LGBT:

Alexis Arquette completaria 50 anos em julho deste ano.

“The Act” tem Patricia e Joey King nos papeis principais. A série da Hulu  é baseada na vida real de Gypsy Rose Blanchard e sua mãe, Dee Dee Blanchard, que foi morta pela filha e acusada de abusá-la por fabricar doenças e deficiências como conseqüência direta da síndrome de Münchhausen por procuração.

Comentários

Topo