Menu Papel POP

Liza Weil, a Bonnie de “HTGAWM”, conta que a temporada final será sobre aceitação

*Este texto contém spoilers caso você não tenha vista a quinta temporada de “How To Get Away With Murder”*

A quinta temporada de “HTGAWM” deixou todo mundo aflito, como de costume. Os atores Charlie Weber e Liza Weil, que interpretam respectivamente Frank e Bonnie, deram uma entrevista a EW e falaram sobre os traumas dos personagens e o que podemos esperar do desfecho da sexta e temporada final.

Vale ressaltar que eles são os dois personagens que, desde o início, assassinam pessoas, e Bonnie particularmente ficou bem perturbada após matar seu ex-namorado, Ron Miller. Weil espera que sua personagem aceite tudo o que fez:

“Muitos desses personagens carregam todos os seus erros e pecados. E acho que o arco para todos nós será ver se eles podem chegar a um lugar, se podem aprender como carregar esse peso e como eles podem continuar suas vidas.”

Continua:

“Bonnie terá que aceitar o que ela acha que merece. Muito do que aconteceu na última temporada, parte disso acontece pelo trauma passado em sua vida. Uma característica definidora de Bonnie é sentir que ela não merece felicidade. É mais confortável para ela se ocupar cuidando de outras pessoas. O fato de ela ter recebido esse tipo de amor na última temporada foi tão novo e desconfortável que pode ter havido um pouco de autossabotagem em jogo.”

Já Frank, que tentou ser um homem melhor para Laurel, acaba aceitando quem ele é. Weber comenta:

“Houve uma aceitação do que ele é. Foi um breve experimento de tentar ser uma pessoa melhor [e foi] desaconselhável. Muito de sua história tem sido ele fingindo ser normal, ou o que ele vê como normal. Tudo tem sido um ato, dos ternos aos cabelos penteados. Era tudo uma fantasia, e ele finalmente chegou ao ponto em que está apenas aceitando o que é. “

Aceitação é tudo, né?!

E lembrando que a atriz Amirah Vann comentou que personagens importantes irão morrer nos próximos capítulos.

A sexta e última temporada estreia no dia 26 de setembro.

Comentários

Topo