Menu Papel POP

Lana Del Rey é capa da NME e fala sobre como foi trabalhar com Ariana Grande e Miley Cyrus

Lana Del Rey tem muito a dizer! Nesta sexta-feira (6), foi publicada uma longa entrevista com a cantora no site da NME.

Nela, a artista teceu um série de elogios a Ariana Grande e Miley Cyrus. Ambas trabalharam com ela na música tema para o remake de “As Panteras” — com estreia marcada para o dia 14 de novembro.

“A Ariana eu conheci há um tempo e agora a gente conversa por mensagens. Ela me chamou para esse trabalho e eu fiquei tipo: ‘Sim, vamos ver se eu consigo fazer alguma coisa’. Eu amo o trabalho dela, então foi fácil dizer sim. Já a Miley eu conheci nas gravações do clipe, que foram muito legais e divertidas. Não estava nervosa em conhecer ela, mas não sabia que ela era uma personagem tão ousada, apenas falando o que pensava. Foi diferente para mim, mas meio que encaixou de alguma forma”

Lana ainda sugeriu que a Ariana tem uma característica que ela gostaria de incorporar.

“Ela é bem rápida. Não tem muito tempo entre o pensamento e a manifestação. Isso é algo que eu devia aprender”

Ela, aliás, aproveitou a ocasião para elogiar o produtor Jack Antonoff, que trabalhou com ela no seu mais recente álbum — “Norman Fucking Rockwell”.

“A sensibilidade dele é um pouco mais tradicional e acústica do que eu imaginava. Isso foi muito legal porque uma das músicas do meu caderno tinha oito minutos e eu não queria condensar nada. E ele ficou tipo: ‘Dez minutos?! Ok!’. Ele é como um pequeno comediante”

Apesar dessa parte mais descontraída da conversa, a cantora falou um pouco também sobre política. A forma como ela passou a abordar mais esse assunto em seus últimos projetos foi o foco da declaração.

“Eu pensei que era legal que eu estava no meu processo e, em algum ponto, eu provavelmente iria chegar a um tipo de platô em que meu som seria arredondado e se transformaria em uma outra coisa. Foi um pouco estressante as pessoas querendo que eu fosse a mesma pessoa para sempre, mas isso é a vida. Há uma vida lá, que está em constante evolução para melhor”

Para quem não sabe, no mês de agosto, Lana Del Rey lançou uma música sobre os tiroteios que rolaram nos Estados Unidos. Na canção “Looking For America”, ela sonha com um mundo melhor. Ouça!

Durante a entrevista, ela explicou como se sentiu motivada a compor essa faixa.

“O país estava de coração partido e horrorizado que em 24 horas tivemos grandes tiroteios em massa. Eu estava recebendo ligações de pessoas que eu não esperava e elas estavam chorando. Todos estavam apenas muito nervosos em levar a família para o próximo desfile. Parece clichê, mas não é piada. Era o momento de dizer alguma coisa”

O novo álbum de Lana tem muito mais desse tipo de reflexão sobre o cenário atual. Com 14 faixas, “Norman Fucking Rockwell” foi lançado no dia 30 de agosto. Taca streaming na lenda!

Comentários

Topo