Menu Papel POP

Exclusivo: Teago Oliveira, da Maglore, narra cenário apocalíptico em “Bora”, seu novo clipe

MAIS SOBRE:

Seja em carreira solo, seja à frente da banda Maglore, Teago Oliveira tem sido responsável por um dos sons mais inventivos da música brasileira. O cantor, que tem a voz mansa e uma veia poética, liberou nas plataformas digitais nesta terça-feira (17) o disco “Boa Sorte”, seu trabalho de estreia e que chega como fruto do edital Natura Musical.

Pra entrar nesta nova era com o pé direito, o cantor resolveu ilustrar esse momento especial da carreira com um novo clipe. A faixa escolhida foi “Bora”, que abre a tracklist do projeto e vem pautada em uma estética retrô-apocalíptica.

Constituído por um trabalho de colagens assinado pela artista visual Jojo Hissa, o vídeo mistura pinturas feitas à base de tinta a óleo, tipografias e recortes fotográficos. Em suma, estes materiais promovem uma verdadeira ode à arte pop.

A composição, inspirada em um tempo que parece estar distante, a década de 1970, é na verdade uma reflexão atemporal sobre atitudes que podem mudar nosso jeito de viver. Aqui, parte-se de um pressuposto de que o mundo pode ser reconstruído. Basta estar atento à hora.

Antes, vai um detalhe interessante! Sobre sua criação sonora, Teago contou pra gente que resolveu se inspirar em uma artista muito querida: Britney Spears:

“Só me vinha à cabeça uma fração de arranjos de ‘Toxic’. Apesar da música em si não ter nada a ver com o meu trabalho, usei como referência os arranjos de cordas dela”.

Assista:

O disco de estreia de Teago, “Boa Sorte”, está disponível em todos os tocadores.

Comentários

Topo