Menu Papel POP

Conversamos com o PK sobre novo EP, conceito e parceria com Ludmilla

MAIS SOBRE:

Nós já falamos por aqui dos últimos lançamentos do cantor carioca PK, que recentemente incluiu em sua lista de hits um single com Ludmilla, intitulado “Do Jeito que Tu Gosta”.

A faixa faz parte de seu novo EP “ImPKvel”, que chegou às plataformas digitais no último mês de agosto com uma capa maravilhosa, que faz uma intervenção no quadro “O Nascimento de Vênus”, de Sandro Botticelli. Esta fase tão criativa nos deixou curiosos e quisemos bater um papo com o artista.

Ele falou sobre os lançamentos, sobre conceito e sobre as parcerias que veio firmando neste meio tempo. Vem ler!

Papelpop: Conta pra gente sobre a origem do nome do seu EP mais recente, “ImPKvel”, e da capa dele? 

PK: A capa surgiu com o nome do trabalho mesmo. A gente pegou algumas artes pra mostrar esse perfeccionismo. E a capa também não deixa de ser cômica. Quis colocar umas caretas no meio e tal. Mas o nome do EP não quer dizer que as faixas sejam as melhores do mundo, com a melhor técnica, mas sobre o amor e a dedicação para cada música. 

E como foi a criação das faixas?

Todas as faixas do EP foram compostas por mim, baseadas em tudo que vivo. Geralmente escuto o beat e escrevo por cima. Tenho inspirações de frases que vêm do nada. Saio do banho molhado com ideias de frases às vezes, aí vou e anoto.

E como foi colaborar com a Ludmilla e o Kevin O Chris?

Eu e a Ludmilla temos uma equipe em comum e há um tempão eu já queria fazer uma música juntos, mas a gente ainda não era amigo muito próximo. Eu já mandava umas faixas pra ela e dessa vez deu certo. E já conheço Kevin, O Chris há bastante tempo também. A gente já fez uns shows juntos e tal. 

Falando em fazer show, o que mais te dá prazer: fazer turnê ou ficar quietinho no estúdio fazendo novas músicas?

O prazer dos dois é igual para mim. Gosto muito de receber o carinho do público pelo Brasil inteiro, mas estar no estúdio também significa criar pra galera e fazer algo que alguém vai se identificar, ficar feliz e ter uma reflexão.

O que você costuma ouvir quando não está trabalhando?

Escuto muita coisa de outros gêneros. Às vezes, posto Stories com as coisas que ouço e a galera fica bem surpreso. Mas escuto de tudo até pra não ficar parecido com tudo que já estão fazendo no rap e no funk, sabe? Não quero ficar igual aos sons que estão tocando. Escuto bastante hard rock e Arctic Monkeys, por exemplo.

Vem ouvir o EP completo aqui:

 

Comentários

Topo