Menu Papel POP

Ariana Grande processa Forever 21 e reivindica indenização de US$ 10 milhões

Ariana Grande entrou com uma ação contra a Forever 21 no início desta semana e está reivindicando pelo menos US$ 10 milhões em indenização. O motivo? A loja contratou uma modelo bem parecida com a cantora e está usando toda sua estética para divulgar produtos.

De acordo com a denúncia apresentada no tribunal federal da Califórnia, a Forever 21 entrou em contato com os representantes de Ari em antecipação ao seu último álbum – “Thank u, next” – com a finalidade de um acordo.

A parceria seria centrada no marketing de mídia social, incluindo postagens no Twitter, Instagram, etc. Só que o acordo nunca foi concretizado, porque a varejista queria pagar um valor considerado “insuficiente” para a artista. Afinal, ela é a cantora mais seguida no Insta.

Daí, a loja contratou uma modelo parecida com Ariana para a campanha, sem pagar por direitos autorais.

“Em vez de pagar por esse direito conforme a lei exige, os réus simplesmente o roubaram lançando uma campanha enganosa em seu site e plataformas de mídia social, principalmente em janeiro e fevereiro de 2019”, diz a queixa. “A campanha aproveitou o sucesso simultâneo do álbum ‘Thank U, Next’, publicando pelo menos 30 imagens e vídeos não autorizados, apropriando-se indevidamente do nome, imagem, semelhança e música de Grande, a fim de criar a falsa percepção de seu endosso”.

 

A denúncia ressalta que, em uma das postagens, a modelo estava com o mesmo penteado e o acessório no cabelo que Ari usa no vídeo de “7 Rings”. Além disso, o áudio da música é tocado em conjunto com o post e há a letra da faixa na legenda.

Aguardemos para ver o resultado desta disputa judicial. O que acharam disso tudo?

Comentários

Topo