Menu Papel POP

Quentin Tarantino fala em se aposentar e diz que pode abandonar o cinema após 10º filme

Quentin Tarantino voltou a falar em aposentadoria nesta terça-feira (2) e disse em entrevista à revista QG Australia que só fará mais um filme após de “Era Uma Vez em… Hollywood“. Ele até revelou já ter planos para o futuro, olha só:

“Acho que quando se trata de filme teatrais, eu já cheguei ao fim da estrada. Me vejo escrevendo livros e começando a escrever peças, assim eu ainda seria criativo. Só penso que já dei tudo que podia dar ao cinema”.

A decisão, de acordo com o cineasta, surgiu pelo fato de que em sua opinião a qualidade das obras de um profissional vão diminuindo com o passar do tempo. A medida seria então uma forma de deixar sua carreira sem nenhum projeto falho. Dependendo do sucesso alcançado com sua produção mais recente, o tal adeus à sétima arte poderia ser até antecipado.

“Se ‘Era Uma Vez’ for muito bem recebido, talvez eu nem lance o décimo. Talvez eu pare agora mesmo! Talvez eu pare enquanto estiver produzindo-o. Vamos ver”

Brad Pitt, um dos integrantes do último trabalho de Tarantino, acha que ele não está blefando desta vez. Questionado sobre, o ator disse não duvidar da possibilidade:

“Eu acho que ele está falando super sério e meio que lamento por ele”.

A gente torce pra que essa notícia não seja verdadeira e aguarda ansiosamente pelo lançamento de “Era Uma Vez em… Hollywood”, que estreia no dia 15 de agosto nos cinemas brasileiros. A produção, que conta ainda com nomes como Leonardo di Caprio, Margot Robbie, Dakota Fanning e Al Pacino, narra a história de um ator de TV, que junto com o seu dublê, quer ficar famoso em Hollywood e, para isso, se aproxima de pessoas influentes do meio cinematógrafico, se metendo em problemas.

Comentários

Topo