Menu Papel POP

Natalia Dyer fala do machismo sofrido pela personagem Nancy em “Stranger Things”

MAIS SOBRE:

Natalia Dyer interpreta Nancy Wheeler em “Stranger Things” e, na terceira temporada, vemos alguns momentos bem preconceituosos e desconfortáveis que a personagem passa.

A atriz, ao The Hollywood Reporter, comentou sobre o machismo e assédio sexual bem evidente que o programa mostra no local de trabalho:

“Acontecia na época, ainda acontece, mas eu acho que ver isso em uma série que é divertida, tem elementos e coisas divertidas para assistir… eu estou orgulhosa que colocaram isso. Também deram a Nancy a oportunidade de ter um conflito diferente. Ela é uma mulher corajosa, inteligente, mas essa é a primeira vez que o mundo a joga para trás.”

Ela também explica como ser desvalorizada pelos seus colegas homens ajudou a personagem a crescer e como é algo que todas as mulheres (infelizmente) se identificam:

“É tão fácil de se identificar. E, claro, é uma série de época – e para ver isso e dizer: ‘Ah sim, os anos 80’. Mas reconhecer que as pessoas obviamente ainda estão sentindo muito isso. É fácil para uma mulher, para mim, ir lá. Eu sei como é isso. Claro, eu sei como é ser desprezada por homens mais velhos e subestimada, e acho que é uma coisa muito compreensível. Então estou muito curiosa para ver como as pessoas vão reagir.”

Por fim, a atriz disse gostar da direção que a personagem está indo e que confia no trabalho dos irmãos Duffer. Será que veremos Nacy indo à faculdade?

A terceira temporada de “Stranger Things” está disponível na Netflix.

Comentários

Topo