Menu Papel POP

Radiante, Kylie Minogue faz multidão dançar com hits no Glastonbury Festival

Quem acompanha a fada australiana Kylie Minogue sabe que ela está em turnê pela Europa, divulgando a coletânea “Step Back In Time” – álbum que celebra seus 30 anos de carreira. Neste domingo (30) nossa expectativa foi posta lá nas alturas, afinal de contas, tratava-se de uma das datas mais especiais do espetáculo: Kylie foi escalada pra ser uma das headliners do Glastonbury Festival.

O evento acontece anualmente nas redondezas de Londres e é um dos mais aguardados no calendário anual de festivais. A apresentação da artista, como era de se esperar, trouxe uma porção de hits na setlist e foi bastante elogiada pela imprensa britânica.

Logo no início do show, visivelmente emotiva, Kylie aproveitou pra relembrar a primeira vez em que recebeu o convite para tocar no Pyramid Stage, principal palco da atração, em meados dos anos 2000. Na ocasião ela precisou cancelar todos os seus compromissos, incluindo a turnê “Showgirl”, pois havia descoberto recentemente que era vítima de um câncer de mama. A gente sente ou não sente vontade de abraçá-la assistindo a esse discurso?

“A história é que em 2005 era pra eu ter estado aqui neste mesmo palco, mas as circunstâncias fizeram com que isso não acontecesse, mas eu estava assistindo da Austrália. Eu queria tanto que as coisas fossem diferentes, mas a vida é o que tem que ser, né? Estamos aqui todos neste momento, e Deus… Isso sempre acontece em algum momento em um show, eu nunca sei quando vai ser, está acontecendo agora. Eu me dei conta não somente dessa história, mas da nossa história. Estes mais de 30 anos juntos. Todas as nossas histórias individuais e agora a nossa história coletiva”.

Além de cantar faixas como “Love At First Sight” (que abriu o set), “Better The Devil You Know”, “Confide In Me” e “I Should Be So Lucky” (minha nossa, quantos hits!), rolou também um live de “Kids”, sua parceria com Robbie Williams, e duas participações especialíssimas!

A primeira delas foi com o roqueiro Nick Cave, grande amigo seu e antigo colaborador. Ao lado dele, Kylie tocou o clássico “Where The Wild Roses Grow”, featuring lançado lá na década de 1990. Eles cantaram juntinhos, agarrados no palco!

Com o show se aproximando do fim, ela convidou ao palco aquele que definiu como o mais “novo membro de sua banda”. Era ninguém menos que o líder do Coldplay, Chris Martin! Juntos eles interpretaram o clássico “Can’t Get You Out Of My Head” em uma versão acústica (bem à vibe do disco “Golden”, lançado no ano passado). Como não cantar junto?

Agora, uma pouco mais de atenção para dois aspectos que merecem: em “Slow”, uma das faixas mais icônicas do disco “Body Language”, lançado em 2003, Kylie usou elementos de “Fashion” do David Bowie <3 Olha que incrível:

Definitivamente coroada como a rainha que de fato é neste domingo, a gente ficou aqui babando nesse live de “All The Lovers”, hino absoluto que encerrou o último bloco da apresentação, antecedendo “Dancing” e “Spinning Around”.

Please, come to Brazil, Kylie!

Comentários

Topo