Menu Papel POP

Pabllo Vittar fala à Billboard sobre experiência de sair do armário e turnê nos EUA

MAIS SOBRE:

Pabllo Vittar ainda está fora do Brasil – ela vem fazendo uma série de shows nas Paradas do Orgulho LGBTQ+ nos Estados Unidos e Canadá. Depois de se apresentar na ONU, num evento em homenagem ao aniversário da Rainha Elizabeth II, Pabllo conversou com a Billboard.

Em um pequeno vídeo, a cantora comentou sobre “sair do armário”. “Dona Verônica [mãe de Pabllo] sempre me deixou ser e fazer o que eu quisesse, desde que eu amasse e respeitasse as outras pessoas”, contou Vittar. Ela diz que aos 15 anos contou para a mãe que era gay, e Verônica disse já saber, e que não havia problema algum.

Pabllo deixa um conselho para as pessoas que se encontram nessa situação de esconder, ou não comentar sobre, a sexualidade. “Se cerquem de pessoas que te amam, e te respeitam. E tenha seu tempo, bebê”.

Na hora de comparar os públicos dos shows internacionais que vem fazendo com o público do Brasil, Pabllo diz que o carinho é o mesmo. Ela sente que os dois são muito “quentes” e que estão lá cantando e dançando todas as músicas: “Se jogando junto com a gente, que eu amo”. Mas, a cantora pontua que fora do Brasil o público chega a ser mais variado: “Gente de todas as culturas e todas as tribos”.

Confira o vídeo da entrevista:

Comentários

Topo