Menu Papel POP

Morre aos 74 anos o renomado crítico de cinema Rubens Ewald Filho

Morreu na tarde desta quarta-feira (19) aos 74 anos o crítico de cinema Rubens Ewald Filho. A informação foi confirmada por amigos do profissional, que seguia internado em estado grave desde o fim de maio.

No último dia 23, Filho foi levado às pressas ao Hospital Samaritano, em São Paulo, após sofrer um desmaio e uma queda em uma escada. O incidente foi provocado por uma arritmia cardíaca.

Nascido no interior paulista, ele chegou a ser considerado um dos maiores nomes da crítica cinematográfica brasileira, tendo atuado em alguns dos principais periódicos e revistas nacionais como O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo, TV Cultura, Rede TV!, Rede Globo, Jornal da Tarde e Veja.

Além de dizer ter assistido mais de 30 mil filmes em toda a sua vida, Rubens também se destacou na década de 1970 ao escrever o Dicionário de Cineastas, que logo se tornaria referência para críticos das artes cinematográficas.

Considerado um dos profissionais de maior renome em todo o território nacional, Filho trilhou ainda uma carreira na área da ficção ao exercer a função de telenovelista. São de sua autoria novelas como “Éramos Seis” (1977), “Gina” (1978), “Drácula: Uma História de Amor” (1980) e “Iaiá Gracia” (1982).

Nós lamentamos a perda.

Comentários

Topo