Menu Papel POP

Em tom político, Madonna faz show deslumbrante na Parada LGBTQ+ de Nova York

Madame X mostrou mais uma vez seu lado ativista na noite deste domingo (30) durante a parada do Orgulho LGBTQ+ de Nova York. Como nós vínhamos comentando ao longo das últimas semanas, Madonna foi a principal atração do evento hoje e arrastou até um dos píers da cidade uma multidão que a esperava desde o início da tarde.

A apresentação, que não foi transmitida, começou com o manifesto de Madame X sendo lido enquanto imagens da personagem apareciam em um telão. De repente, ouviu-se o clássico verso “What are you looking at?“. Cá entre nós, a gente não esperava outra coisa. Dado o simbolismo da ocasião, o show tinha que ser – e de fato foi – aberto com “Vogue”, um dos maiores hinos LGBTQ+ da história.

Com seus dançarinos fantasiados de Madonna (!), o ícone surgiu no topo de uma escadaria e foi descendo, até chegar a uma máquina de escrever. O figurino dela, assinado pela Versace, veio inspirado em um traje militar.

Na sequência, veio uma troca de figurino e ali mesmo, com direito a tripé e violão, Madonna deu início a “American Life” – momento que antecedeu algumas palavras de agradecimento e de reforço a sua luta em defesa das minorias.

“Cinquenta anos, galera! Cinquenta anos de revolução, cinquenta anos de liberdade pra lutar, cinquenta anos de sangue, suor e lágrimas. Estou tão orgulhosa e honrada de compartilhar esta noite história com vocês. Desde que cheguei aqui como uma garota, impressionada com tudo, me senti uma estranha. Mas vocês fizeram com que me sentisse acolhida, como se eu fosse uma de vocês. Não posso mensurar o quanto amo e aprecio cada um que está aqui. Obrigada por tudo, a todos os membros da comunidade LGBTQ+ . Obrigada do fundo do meu coração”.

Além de se mostrar grata aos fãs por todo o apoio dado ao lançamento de “Madame X” (que estreou em 1º lugar na parada HOT 200 da Billboard, cof cof), Madonna também pediu por paz e que as pessoas se mobilizassem contrariamente às políticas de armamento em vigor nos Estados Unidos.

Calçando um par de botas ali mesmo e bastante empolgada, ela assumiu um tom mais sério ao cantar “God Control”, seu single mais recente. Que showzão, viu? Com muita coreografia e dançarinos super sincronizados, ela mandou ver neste que foi o ponto alto da apresentação. Espia só alguns trechos:

No fim, pra fechar essa noite de celebração com uma mensagem ainda mais bela sobre resistência, a rainha escolheu “I Rise”, derradeira faixa de seu disco novo. Um daqueles momentos em que a gente para e reflete o quanto essa mulher foi, é e sempre será necessária.

Nós lembramos que neste fim de semana a Amazon Prime anunciou o lançamento de um documentário que mostra os bastidores da produção de “Madame X” em Portugal. Se você ficou interessado em mergulhar no universo desta mulher que pode ser tantas em uma só, clique aqui.

Comentários

Topo