Menu Papel POP

Daniela Mercury beija sua esposa na Câmara Federal: “Precisamos de muitas rebeliões”

Que ato político e de amor <3

Nesta segunda-feira (24), Daniela Mercury e sua esposa Malu Verçosa foram homenageadas em uma sessão solene relacionada ao aniversário de 50 anos do Levante de Stonewall, que foram manifestações ocorridas em Nova York no fim dos anos 60 e um marco para a militância LGBT nos EUA e no mundo.

Durante seu discurso na Câmara dos Deputados, Daniela beijou sua companheira. Ela escreveu no Instagram:  “Nosso beijo dentro da Câmara Federal é símbolo de amor e de luta. Viemos ser homenageadas e viemos pedir ao Congresso que legisle a favor da comunidade LGBTIQ+. Somos todos brasileiros!!!!”.

Veja aqui o post:

Daniela discursou:

“Vamos fazer várias rebeliões inspiradas em Stonewall todos os dias até que este Congresso faça as leis necessárias. Eu era casada com um homem e, quando casei com Malu, perdi todos meus direitos. Direito de me casar com ela, direito de colocar o nome nas minhas filhas. Vocês entendem a inversão (de valores)? Que loucura isso? Nos marginalizaram, nos discriminaram e continuam a fazer isso. Claramente e na luz do dia, em um país democrático, em 2019. Precisamos de muitas rebeliões, de muitos stonewalls, de um movimento contínuo da sociedade para que a democracia se efetive e se equalize no direito de todos.

 

A sociedade está atenta e espera que nosso governo tenha políticas públicas que contemplem toda a população brasileira”.

Dani até cantou o refrão de o “Canto da Cidade”.

Em entrevista à Época, a cantora também criticou a postura do governo até então: “O Legislativo tem se omitido em legislar em favor da comunidade LGBTI. Isso é inaceitável. Só alcançamos nossos direitos básicos com decisões da Justiça. Nosso beijo foi um beijo de afirmação, um gesto de afeto entre um casal que é casado, mas é também um chamado de atenção para esta Casa que deveria ter legislado a nosso favor.”

Comentários

Topo