Menu Papel POP

Cardi B fala sobre as 14 acusações criminais e responde TMZ

MAIS SOBRE:

Segundo informações do TMZ, Cardi B está sendo indiciada por 14 acusações criminosas, incluindo assalto, assédio, além de conspiração de violência.

Em agosto de 2018, a rapper se envolveu em uma confusão, em um clube de strip, onde teria cometido dois delitos contra uma garçonete. Carbi B supostamente teria rejeitado um acordo que a livraria de uma das acusações – caso se declarasse culpada.

Porém, os promotores encontraram novas evidências que deixam a situação de Cardi um pouco mais séria. De acordo com uma afiliada da CBS de Nova York, o promotor declarou que “a rapper e sua turma estavam em um clube, quando ela começou a discutir com uma garçonete. A briga envolveu cadeiras, garrafas, e narguilés foram arremessados, causando ferimentos leves à garçonete e um outro funcionário do local”.

O advogado da artista garante que ela não feriu ninguém. Mas de acordo com o TMZ, a rapper teria ordenado um ataque a duas garçonetes do clube onde a confusão aconteceu. Uma nova audiência deve ocorrer no dia 9 de agosto, e Cardi B será ouvida.

Logo depois da matéria do TMZ, Cardi B veio ao Instagram dizer que as alegações são falsas. Cardi expõe seu descontentamento: “Eu nunca fui para a prisão. Eu não tenho registro criminal, mas eles querem continuar com essa história para ganhar fama e dinheiro”.

“Eu não entendo porque tive de ir à Corte seis vezes por conta de um delito. Agora vocês querem aumentar a história para um caso criminoso, o mais baixo que vocês podem chegar, porque eu me recuso a concordar com seus termos!”, continua a rapper.

Ela ainda diz “os promotores falam nas reuniões ‘ela anda com pessoas de gangue’. Mas vocês não querem falar do meu registro criminal limpo, então falem sobre as minhas doações (…), os eventos de caridade em que me apresento”.

Depois de alguns minutos, Cardi apagou o post no Instagram, mas você consegue conferir a resposta da rapper no print abaixo:

Comentários

Topo