Menu Papel POP

Produtor diz que “Madame X Tour” não passará pela América Latina

MAIS SOBRE:

É isto, galera, não teve mesmo jeito. Embora Madonna tenha tranquilizado os fãs dizendo que sua nova turnê em teatros, “Madame X Tour”, fosse “apenas o começo”, as datas se esgotaram rapidamente em algumas das principais capitais do Hemisfério Norte e o espetáculo não deverá passar pelo Brasil.

A informação foi confirmada nesta sexta-feira (18) pelo produtor canadense Arthur Fogel, ligado à Live Nation e velho companheiro da artista. Em entrevista concedida ao Pollstar nesta sexta-feira (18) Fogel revelou detalhes sobre o espetáculo e foi claro quanto à rota escolhida: a turnê só passará pelas datas já divulgadas.

“Este show em particular é um pouco diferente, porque ela vai tocar várias noites em locais menores, não será uma turnê em arenas ou estádios. Em Nova York, por exemplo, será no Brooklyn Academy of Music, um teatro pequeno. Basicamente, vamos fazer oito ou nove cidades ao longo da turnê e realmente isso vem deste álbum. É apenas um tipo diferente de vibração, pede para que seja mais intimista”.

O produtor, que acompanha a rainha desde 2001, ocasião em que ela rodava o mundo com a “Drowned World Tour” (sua primeira turnê em 15 anos) também comentou a respeito da mudança de espaços escolhida por Madonna, que temporariamente deixa de se apresentar em estádios e arenas e passa a assumir os teatros.

“Acho importante ao longo de uma carreira de turnês mudar algumas coisas. É uma parte do que excita os fãs também e mantém os artistas energizados. Quero dizer, se você sai e faz a mesma coisa em todas as turnês isso eventualmente te alcança. Acho ótimo quando pessoas mudam e fazem coisas diferentes no que diz respeito à criação de música. Normalmente havia muito mais tolerância para as pessoas mudando as coisas e tentando coisas diferentes e eu acho que fazer isso ao vivo é muito importante para a longevidade”.

Com 36 datas confirmadas em 3 cidades da Europa e 7 nos Estados Unidos, a “Madame X Tour” arranca em 12 de setembro de 2019. O álbum que dá suporte à excursão, vale lembrar, chega às plataformas no dia 14 de junho.

Já ouviu “Future”, seu lançamento mais recente?

Comentários

Topo