Menu Papel POP

Madonna fala sobre novas acusações de pedofilia contra Michael Jackson

Nós mostramos aqui na última semana que Madonna será capa no mês de junho da vertente britânica da revista Vogue.

Além de trazer no recheio um ensaio lindíssimo, em que a rainha aparece morena e sofisticada ao extremo, a publicação também reserva uma entrevista longa em que ela reflete sobre temas como o feminismo, seu legado na música e a chegada aos 60 anos.

No meio dessa discussão, Madonna também falou sobre as novas acusações de pedofilia adereçadas a Michael Jackson a partir do documentário “Leaving Neverland“, produção lançada pela HBO no primeiro semestre de 2018.

Questionada sobre a veracidade dos relatos feitos por Wade Robson e James Safechuck no material, a cantora disse que acredita na inocência de Michael até que se prove o contrário.

“Eu não tenho essa mentalidade de linchamento. Tive mil acusações feitas contra mim que não são verdadeiras. Minha atitude quando pessoas dizem coisas sobre as pessoas é: “Você pode provar isso?”.

Sobre o que em sua concepção poderia ser apontado como uma prova incontestável de culpa, Madonna apontou vários aspectos que deveriam ser levados em consideração antes de se fazer um julgamento.

“Eu não vi o filme, mas acho que seria uma recontagem dos eventos reais. É claro, as pessoas às vezes mentem. Sempre digo, o que as pessoas querem? Qual a agenda? Há pessoas pedindo dinheiro, existe algum tipo de extorsão? Eu levaria tudo isso em consideração”.

Na última terça-feira (6) a cantora anunciou que entra em turnê no próximo mês de setembro. O espetáculo, apelidado de “Madame X Tour”, foi projetado para acontecer somente em teatros e já tem datas esgotadas nos Estados Unidos. Não há planos para que o show venha ao Brasil.

Comentários

Topo