Menu Papel POP

Esposa de Roman Polanski critica Quentin Tarantino por “Era Uma Vez Em… Hollywood”

Não é todo mundo que gostou do novo filme do Tarantino

A esposa de Roman Polanski, Emmanuelle Seigner, criticou o diretor por não ter consultado seu marido sobre “Once Upon A Time In Hollywood” ou “Era Uma Vez Em… Hollywood.”

O 9º longa de Quentin Tarantino mostra a história do assassinato da ex-companheira de Polanski, Sharon Tate, interpretada por Margot Robbie. Tate foi assassinada por membros do culto de Charles Manson, em 1969. Seigner articulou que Tarantino deveria ter falado com Polanski sobre como retratar este ocorrido.

Seigner publicou em seu Instagram que o diretor estava “usando a vida trágica de alguém e depois andando por cima dela” para contar uma história.

“Eu estou apenas dizendo que eles não se incomodam (em Hollywood) de fazer um filme que mostre Roman e sua trágica história… enquanto ao mesmo tempo eles fizeram dele um pária. E tudo sem consultá-lo, é claro ”, escreveu ela.

Polanski foi exilado de Hollywood depois que admitiu ter estuprado uma menina de 13 anos, em 1977. Por isto Seigner o chamou de “pária”.

O longa se passa em Los Angeles, no fim da década de 1960, época em que o movimento hippie vivia seu auge. Traz a história do ator Rick Dalton (Leonardo DiCaprio) em crise com a carreira enquanto grava alguns filmes. Daí, em decadência, ele conhece seus novos vizinhos: Sharon Tate e Roman Polanski, no auge de sua fama.

O dublê de Rick, Cliff Booth (Brad Pitt), acaba se trombando com Charles Manson e seu culto responsável pela morte de Tate e daí nada promete ficar bem.

Luke Perry, Damian Lewis, Dakota Fanning, Al Pacino, Emile Hirsch, Clifton Collins Jr, Tim Roth, Michael Madsen, Keith Jefferson, Mike Moh e Margot Robbie estão no elenco.

O filme chega ao Brasil no dia 15 de agosto.

Comentários

Topo