Menu Papel POP

Grimes diz ter medo dos palcos e afirma que adoraria fazer turnê com holograma!

MAIS SOBRE:

Sempre que a gente pensa em um artista que já morreu e que gostaríamos muito de ter visto ao vivo, surge alguém falando sobre a realização de turnês com holograma. Esse tipo de técnica surgiu ainda na década de 1940, mas só se popularizou há alguns anos na indústria musical.

Um dos casos mais emblemáticos do uso dessa técnica é o Gorillaz, banda virtual de trip rock que faz o maior sucesso. No Grammy de 2005, por exemplo, eles transformaram até a Madonna em uma personagem! Quem lembra?

Alguns planos de reviver Amy Winehouse e Michael Jackson da mesma forma até chegaram a ser feitos, mas caíram por terra. Agora, alguém que está vivíssima anda pensando em trabalhar a ideia: a Grimes!

Durante uma entrevista à revista Flaunt, a cantora levantou a ideia de que as turnês podem, sim, serem revolucionadas a partir do uso desta técnica. Ela também disse que não deseja mais se apresentar ao vivo, digamos, em carne e osso.

“Quero parar de fazer turnês. Quero fazer uma em holograma. Por que temos que continuar fazendo isso com artistas mortos se aqueles que estão vivos e tem medo do palco?”.

Questionada sobre ter medo de se apresentar, ela confirmou:

“Sim, é um pesadelo. Apocalíptico. Terrível, horrível. Eu não consigo ouvir aquelas palmas ou aqueles gritos. Eu só ouço o som da câmara da morte. Eu apago. Depois de um show, estou sempre pensando: “O que aconteceu?” E as pessoas ficam tipo “Tudo bem!”. Eu conheço pessoas como a autenticidade da performance ao vivo, e eu também. Mas eu não sou um bom intérprete. Eu sou um diretor que acidentalmente caiu nessa posição e agora é tarde demais para mudar.”

Não faça isso, mulher! A gente precisa de você :( O próximo álbum da artista, “Miss_Antropocene”, chega às plataformas ainda este ano.

Comentários

Topo