Menu Papel POP

Edição comemorativa dos 50 anos de Woodstock é cancelada

MAIS SOBRE:

Em 2019, o Woodstock completa seu aniversário de 50 anos. Desta forma, iria ocorrer uma edição comemorativa do evento que se chamaria Woodstock 50.

O festival se daria nos dias 16 e 18 de agosto, no autódromo de Watkins Glen, em Nova Iorque (EUA), e o line-up já estava confirmado com Jay-Z, The Killers, Imagine Dragons, The Black Keys, Chance The Rapper, Miley Cyrus, Halsey, Janelle Monáe e mais.

Mas, nesta segunda-feira (29), o revival do evento foi cancelado. Os organizadores do Woodstock 50 disseram em nota oficial [via Billboard]:

É um sonho que as agências trabalhem com marcas icônicas e sejam associadas a movimentos significativos. Temos uma forte história de produção de experiências que unem pessoas em torno de interesses e causas comuns e é por isso que escolhemos fazer parte do Festival de 50º Aniversário de Woodstock. Mas, apesar de nosso tremendo investimento de tempo, esforço e comprometimento, não acreditamos que a produção do festival possa ser executada como um evento digno da marca Woodstock, além de garantir a saúde e a segurança dos artistas, parceiros e participantes. “

A declaração prossegue dizendo:

Como resultado e depois de uma análise cuidadosa, a Amplifi Live, parceira da Woodstock 50, decidiu cancelar o festival. Por mais difícil que seja, acreditamos que esta é a decisão mais prudente para todas as partes envolvidas. ”

Ainda de acordo com a Billboard, mais de 30 milhões de dólares já foram gastos na programação do festival e a maioria dos artistas já havia sido paga.

O festival Woodstock, que ocorreu no finzinho dos anos 1960, foi um marco mundial na história da música. Jimi Hendrix, The Who, Janis Joplin, entre outros, fizeram história com shows marcantes.

Comentários

Topo