Menu Papel POP

Um papo com a protagonista de Siren, série com sereias e muito terror

MAIS SOBRE:

Estreou ontem (19) a segunda temporada de Siren, série do Canal Sony que fez muito sucesso aqui no Brasil e lá fora.

Pra quem ainda não assistiu a primeira temporada, a história é sobre Ryn, uma sereia que sai de seu habitat natural em busca da irmã desaparecida. Ela vai parar numa cidadezinha portuária que já tem um histórico misterioso com os seres da água e acaba se envolvendo com os humanos locais enquanto atrai a atenção de outras sereias para a cidade.

Se engana quem acha que o seriado tem algo de conto de fadas. O ambiente é muito mais obscuro e sinistro.

Espia o trailer da segunda temporada:

Nós entrevistamos a protagonista, Elinne Powell e ela nos contou sobre o que podemos esperar nessa segunda fase da personagem e também suas experiencias em dar vida à Ryn,

PapelPop: Elinne, você já esteve no Brasil?

Powell: Não, mas eu amaria ir. Eu ouvi falar muito sobre o Carnaval e as lindas praias. Também, alguns dos maiores fãs de Siren são so Brasil.

PapelPop: Tem algo que você está animada para essa nova temporada? Com o que os expectadores vão se surpreender mais?

Powell: Acho que nesta temporada descobrimos muito mais sobre nossas sereias, como elas interagem, que elas têm um matriarcado e também vemos lados diferentes para as sereias. Você sabe, quando ela fica um pouco mais perto dos humanos, e ela aprende mais do jeito humano, as outras sereias que chegam, ainda são muito primárias e puras. Então nós temos esse novo contraste. E nesta temporada você vê muito isso. Em termos de Ryn, ela tem momentos em que suas lealdades são divididas um pouco. Se ela realmente será a alfa de muitas dessas novas sereias que estão chegando em terra, e ao mesmo tempo ela está se tornando muito mais próxima de Maddie e Ben, e ela quer crescer em seus modos humanos. Então ela está dividida muito entre os dois mundos. Na 1ª temporada ela é muito mais preto no branco. Ela é muito pura, muito direta e muito honesta. E ela ainda tem muitas dessas qualidades, mas está crescendo um pouco. Então, está andando em uma linha tênue entre se tornar um pouco mais humana e continuar sendo Ryn. Então, nesta temporada, eu acho, as apostas aumentam. Tudo se torna um pouco maior, realmente. Então nós tivemos muito mais cenas subaquáticas. A segunda metade da segunda temporada também será bastante intensa. Eu não posso dizer nada ainda. Sim, fica muito mais intenso, na verdade. E ainda temos as forças armadas, sabe? Mesmo que Decker tenha morrido, os militares ainda estão lá fora. Então sim. Fiquem ligados.

Papelpop: Este show explora um lado mais sombrio das sereias e outros contos do mar, você acha que é por isso que o seriado se tornou um sucesso?

Powell: Eu definitivamente sou uma pessoa que acredita. Não me entenda mal, eu não sou uma pessoa louca por unicórnio e coisas fantásticas. No entanto, acho que com algumas das pesquisas que fiz e com certeza … Sabemos tão pouco do oceano. Eu não ficaria surpresa se na história do planeta Terra houvesse algo que fosse um pouco hominídeo e um ancestral aquático ou algo assim. Eu não sei se eles se parecem com nossas sereias, sabe? Um pouco mais bonita. Mas eu definitivamente sou uma pessoa que acredita . Eu acho que você nunca sabe. Nunca se sabe. Ainda não exploramos todas as profundezas do mar. Então eu acho que eles estão por aí.

Papelpop: Qual foi sua cena favorita de gravar até agora?

Powell: Há dois momentos que são realmente meus favoritos, mas um deles eu provavelmente não posso falar sobre porque ainda não foi ao ar. Então, vou falar sobre o meu primeiro momento. Será durante a primeira cena e está no trailer, então eu não estou dando nenhum spoiler. Você vê Ben em um naufrágio, nadando, eu tive o melhor tempo com isso. Eles na verdade não têm um naufrágio, é o enquadramento de metal. Mas foi muito divertido, porque muitas vezes eles usam ângulos fechados e, para essa cena em particular, eu pude realmente nadar com fúria e dessa vez estava tudo lá. Eu só vou dizer que eu realmente gostei disso, eu realmente gostei que pudéssemos apenas tomar nosso tempo com a cena.

E, com a segunda temporada, eles estão contando a história também através de algumas das cenas subaquáticas. Há também uma briga que é muito legal e foi muito divertido porque temos mais algumas sereias e eles têm que fazer outros treinamentos de sereias também. Então, eles apenas prendem a respiração e nadam. E, meu Deus, nos divertimos tanto, todos nós estando na água. Eu acho que o primeiro episódio da 2ª temporada tem uma cena na água muito linda e eu gostei muito disso.

PapelPop: Você fez muita pesquisa para o seu personagem, já se viu agindo como como a Ryn fora do gravações?

Powell: Sim, principalmente na primeira temporada. Eu costumava ficar no modo Ryn e observar todas as coisas ao meu redor como se fossem novas. Às vezes eu fazia isso no meio de conversas e meu namorado dizia “Eline, volta pra mim, você está fazendo de novo!”

Papelpop: Quando você era criança, gostava de contos de sereias?

Powell: Sim, eu amava a Pequena Sereia e, claro, eu amava Splash com Daryl Hannah. Fazendo minhas pesquisas pra série eu encontrei vários mitos incríveis e lendas de sereias ao longo da história de diferentes países. É incrível ver quantas culturas têm sua própria versão.

Siren vai ao ar toda terça-feira, às 21 horas, no Canal Sony. Se você perdeu a estréia, acesso o app do Canal Sony.

Comentários

Topo