Menu Papel POP

J. K. Rowling diz que Grindelwald e Dumbledore tinham uma relação “intensa e sexual”

Apesar de ter sido um sucesso de bilheteria quando estreou, “Animais Fantásticos” causou um certo desconforto na galera por ter perdido a oportunidade de exploravam a fundo a relação entre os bruxos Grindelwald e Dumbledore, que apesar de lutarem em lados opostos, eram apaixonados um pelo outro.

Porém, contudo, todavia, as especulações continuam, uma promessa explícita de que isso será melhor trabalhado nos filmes seguintes já foi feita e nesta semana, a própria J.K. Rowling, criadora dos personagens, confirmou que os dois tiveram um forte envolvimento, inclusive sexual.

De acordo com a Digital Spy, Rowling afirma em novos extras do longa que a relação era bastante apaixonada e o interesse em trazer o sexo para a relação não era uma prioridade sua na hora de escrever o roteiro. Na verdade, segundo ela, é algo que surge agora a partir das emoções que a situação provocaria.

“A relação entre eles era incrivelmente intensa. Era bem apaixonada e uma relação de amor, mas como acontece em qualquer relação, seja homossexual ou heterossexual, ninguém sabe realmente como o outro se sente. Você só não sabe, só acredita. Estava menos interessada no lado sexual da relação, embora acredite que tenha uma relação sexual nesse relacionamento, do que as emoções que ambos sentem um pelo outro. Isto é a coisa mais fascinante das relações humanas”.

O segundo filme da franquia se passa em Paris e trás Newt Scamander, interpretado por Eddie Redmayne, reencontrando velhos conhecidos – entre eles está o bruxo das trevas Grindelwald, interpretado por Johnny Depp. É aí que a batalha para derrotá-lo se intensifica.

As filmagens da próxima sequência ainda não tem previsão para acontecer, mas já houve uma confirmação de que serão realizadas no Brasil.

 

Comentários

Topo