Menu Papel POP

Emocionada, Ellen Page fala sobre discurso de ódio contra LGBTs no governo Trump

Ellen Page está no elenco de The Umbrella Academy, um dos grandes lançamentos recentes da Netflix. Na noite desta quinta-feira (31), a atriz se sentou no divã do programa The Late Show With Stephen Colbert e fez uma fala emocionada sobre as políticas de discriminação contra LGBTs do governo Trump.

Ativista da causa, Ellen se posicionou a favor do casamento entre pessoas do mesmo sexo. Ela mesma, no mês de janeiro, casou-se com a dançarina Emma Portner. Durante a entrevista, a atriz acusou o presente de perder toda a sua carreira causando dor e sofrimento às pessoas.

Ela também criticou a postura do vice, Mike Pence, que há um bom tempo é acusado de perseguir homossexuais. Em 2016, por exemplo, ele foi criticado por sugerir durante sua campanha que gays procurassem sessões de terapia de conversão.

“Estou animada hoje à noite, parece impossível não me sentir assim agora, com o presidente e vice-presidente Mike Pence, que deseja que eu não possa me casar. Vamos apenas ser claros. O vice-presidente da América deseja que eu não tenha o amor da minha esposa. Ele queria proibir isso em Indiana.”

Ela também afirmou que acredita que haja uma ligação entre o discurso de ódio anti-LGBT à violência crescente contra os membros da comunidade.

“Ligue os pontos. Isto é o que acontece, se você está em uma posição de poder, detesta um grupo de pessoas e quer causar sofrimento, você passa pelo problema. Você gasta a sua carreira tentando causar sofrimento, o que você acha que vai acontecer? As crianças serão abusadas, vão se matar, e as pessoas serão espancadas nas ruas. Eu viajei pelo mundo e conheci as pessoas mais marginalizadas que se podia conhecer. Tenho sorte e o privilégio de dizer isso. Isso precisa parar!”.

Assista ao vídeo:

Comentários

Topo