Menu Papel POP

Adriana Calcanhotto fala sobre a degradação das águas em novo single; vem ouvir Ogunté!

Ainda outro dia nós mostramos aqui o lançamento de A Mulher do Pau Brasil, single mais recente de Adriana Calcanhotto. A faixa, que deu título à sua mais recente turnê, sinalizou pra gente que, apesar de satisfeitos, nossa sede por material inédito ainda estava viva.

Eis que às vésperas do dia 02 de fevereiro, quando é comemorado o dia de Iemanjá, orixá feminino das religiões do Candomblé e Umbanda, fomos pegos de surpresa!

A artista compartilhou à meia-noite deste dia 1º em todas as plataformas o single Ogunté, parte de um novo álbum de inéditas (ainda sem nome) que deve ser lançado até o fim do ano. O material encerra uma trilogia na carreira de Adriana: lá em 1998 ela lançou o álbum Maritmo. Em 2008, foi a vez de Maré. Agora, dez anos depois, chega às prateleiras sua parte final.

No single, a cantora evoca a presença do orixá para refletir sobre a água do mar que serve tanto como caminho para os refugiados, como também de depósito para todo o lixo atirado ao mar anualmente, degradando o meio ambiente.

Tá conceitual, tá uma delícia. Vem ouvir!

Comentários

Topo