Menu Papel POP

Cardi B teria se recusado a participar do Super Bowl 2019 em apoio a jogador banido

MAIS SOBRE:

Lembra que a gente comentou aqui há alguns meses sobre a Rihanna ter sido convidada para fazer o show do intervalo do Super Bowl 2019? Na ocasião, a cantora teria recusado o convite em apoio ao jogador Colin Kaepernick.

É que em 2016, durante uma das partidas em que disputava pelo San Francisco, Karpernick se ajoelhou durante a execução do hino nacional norte-americano com o intuito de chamar a atenção para a forte repressão policial e o racismo praticados no país.

A liga não curtiu muito o protesto e baniu o jogador. Eis que agora, às portas de 2019 e com o Maroon 5 confirmado como atração principal, segundo a US Magazine, a banda vem enfrentando problemas pra conseguir descolar suas participações especiais.

De acordo com a publicação, eles esperavam que a Cardi B se juntasse a eles para uma participação em Girls Like You. Entretanto, uma fonte próxima à organização do evento teria dito que ela se recusou absolutamente a participar do evento em apoio a Kaepernick.

A gente lembra que em fevereiro de 2018 a rapper já havia declinado da proposta de subir ao palco como atração principal, fazendo com que os produtores tivessem que buscar outros nomes. Em 2017, durante o VMA, ela também protestou a favor do rapaz.

Dá só uma olhada no que ela disse antes de apresentar a Demi Lovato.

“Colin Kaepernick, contanto que você se ajoelhe conosco, nós estaremos de pé para você, baby. É isso mesmo, eu disse.

Comentários

Topo