Menu Papel POP

O Mundo Sombrio de Sabrina é aclamada pela crítica; vem ler o que estão dizendo sobre a série!

FINALMENTE! Estreou nesta sexta-feira (26) a mais nova produção da Netflix, O Mundo Sombrio de Sabrina. A série, baseada nas HQs que inspiraram o clássico da década de 1990, antes mesmo de ganhar a luz do mundo já era uma das nossas queridinhas (confissões hein, gente?).

Mas no fundo, ficamos curiosos pra saber qual seria o posicionamento da crítica especializada a respeito da produção. Eis que neste sábado (27), pouco mais de 24h após o lançamento, várias das publicações mais importantes do entretenimento teceram seus comentários a respeito.

Resultado de imagem para o mundo sombrio de sabrina gif

Nós reunimos as opiniões de algumas das principais publicações e olha… no geral, Sabrina Spellman e sua trupe foram aclamados. Para começar, a Vulture notou alguns paralelos com outras produções conceituadas de terror na TV, como Buffy, The Vampire Slayer (um estouro na TV americana no início dos anos 2000).

Segundo a critica da revista, O Mundo Sombrio de Sabrina é um tipo de produção deliciosamente encantadora, com boas doses de feminilidade em meio à carga de energia pesada da magia negra e muita liberdade.

“Além de sua estreia irregular, a série se revela uma confecção encantadora, repleta de prazer sobrenaturais e mundanos, sedutores e horripilantes, auditivos e visuais. De muitas maneiras, leva as melhores lições de Buffy The Vampire Slayer”.

Quem também adorou foi a Digital Spy. Fazendo elogios, na opinião deles o principal destaque está na forma com que as cenas de horror são conduzidas.

“Se Riverdale (dos mesmos produtores) ocasionalmente mergulha um dedo no reino do terror, O Mundo Sombrio de Sabrina se joga de cabeça nas profundezas sombrias de Sweetwater River, canalizando os filmes satânicos que antigamente criavam momentos em que você dizia “Puta merda!” ao assistir. Não dá para esperar para assistir algo como Sabrina!”.

A Entertainment Weekly também fez comentários bastante curiosos e disse que a surpresa está justamente no uso da nostalgia.

“Todas as novas aventuras Sabrina me arrepiaram com uma nostalgia medonha, relembrando uma época em que as sagas adolescentes sobrenaturais não pareciam seguir o mesmo roteiro”.

A Rolling Stone também aprovou e disse que a série é um tanto mais realista do que as versões anteriores.

“É um espetáculo mais sombrio, para os tempos mais sombrios – o otimismo das versões dos anos 1970 e 1990 pareceria absurdo agora”.

E por último, mas não menos importante, a Variety, disse que se você busca algo “assustadoramente sinistro, como o inferno”, é bom dar ir logo dar play nos episódios.

“Com um pouco mais de foco (literal e figurativamente, a série tem tanto potencial quanto sua heroína para se tornar algo grandioso”.

Nós lemos bem? Isso foi uma proposição de segunda temporada? Por aqui nós nem terminamos todos os episódios e já queremos outros novos!

Mas conta aí pra gente, você já assistiu? Se ainda não, corre e vem ver o trailer:

Comentários

Topo