Menu Papel POP

Brendon Urie conta que 1ª saída de membros do Panic! At The Disco o deixou “muito deprimido”

Em entrevista à Neighborhood of Good, Brendon Urie contou que a primeira saída de membros do Panic! At The Disco o deixaram “muito deprimido”.

O guitarrista Ryan Ross e o baixista Jon Walker deixaram a banda de Las Vegas em 2009, um ano após o lançamento de seu segundo álbum, Pretty. Odd.

Na época, eles lançaram a icônica Nine In The Afternoon, que foi um marco para a comunidade emo ~ e nós inclusos~.

O vocalista contou que, após a primeira saída de membros do grupo, ficou muito deprimido e passou diversas semanas sem sair de casa.

“A primeira saída de membros do Panic! me deixou muito deprimido. Naquela época, eu passei várias semanas sem sair de casa”

Brendon completou ainda que quem o ajudou a sair dessa bad foi seu amigo e produtor Rob Mathes – a quem o vocalista descreveu como “um dos meus melhores amigos e mentores”, dando um conselho à Urie.

“Ele disse para mim: Cara, apenas apareça. Se você aparecer, as coisas vão acontecer – isso tudo não é sobre você. Saia da sua cabeça. E eu comecei a aparecer nos lugares que as pessoas me pediam para ir e grandes coisas começaram a acontecer. Você sabe o que importa? Pessoas sendo felizes.”

Atualmente, a banda é composta apenas por Brendon da formação inicial, tendo Dan Pawlovich, Nicole Row e Mike Naran como parceiros.

Em junho deste ano, o Panic! At The Disco lançou seu sexto álbum de estúdio, intitulado Pray For The Wicked, que chegou a atingir o topo da Billboard 200.

Já em agosto, Panic! lançou o clipe de High Hopes, em que Brendon aparece “nas alturas”.

Comentários

Topo