Menu Papel POP

“Nós temos um monstro comandando nosso país”, diz Chelsea Handler sobre Trump

O cenário político não está tenebroso apenas no Brasil, não. Muitos americanos temem e repudiam, até hoje, o governo do presidente Donald Trump, e Chelsea Handler é uma dessas. Ela contou ao HuffPost que, por mais que gere treta no Twitter com os Trump supporters, se ela ficasse cara a cara com qualquer um deles, não diria nada!

“Qual seria o ponto de falar com alguém assim? Há crianças em gaiolas – há 12.000 crianças em nossa fronteira que foram separadas de suas famílias e [Trump] negando que pessoas morreram em Porto Rico. Nós temos um monstro comandando nosso país e toda a sua família é um bando de monstros”.

Handler acrescentou que ela não se importava com Donald Trump Jr., que recentemente compartilhou um tweet machista e sugestivo em resposta a um dos tweets de Handler sobre ele.

“Eu vou me importar com [ele] quando ele estiver na cadeia”, disse ela. O mesmo vale para o presidente, que, segundo Chelsea, precisa sofrer Impeachment e ser removido do cargo porque não está apto para o trabalho.

“Eles deviam tê-lo removido há muito tempo pelo modo como ele usa seu Twitter, a linguagem que ele usa e a violência que ele invoca. Seu gabinete tem responsabilidades para com este país – não com o partido republicano”.

Chelsea Handler, também, não está nada animada com o retorno de Louis C.K. e Aziz Ansari (ambos acusados de assédio) para o centro das atenções. A comediante expressa que os dois falharam em fazer uma coisa importante: “abordar o que aconteceu”.

“As pessoas querem falar sobre isso. Você não pode simplesmente ignorar e jogar debaixo do tapete. Você tem que falar sobre o que você aprendeu, de onde você veio e onde você está agora.”

Recentemente, Ansari fez um retorno relativamente silencioso ao palco, testando novos materiais em shows de última hora em Wisconsin, enquanto Louis C.K. fez uma aparição surpresa em Nova York. Após C.K. ser acusado por diversas mulheres, com até algumas alegando que ele se masturbou na frente delas, e Ansari ser acusado de estupro, os dois voltaram ao palco apenas meses depois, sem qualquer reconhecimento real do que aconteceu.

Handler acrescentou: “Eu acho que esse é o problema que todo mundo tem com isso e por que isso é tão grande. Você não pode simplesmente voltar e agir como se nada tivesse acontecido – você fez algo ruim. É sobre assumir responsabilidade, no final das contas.”

Comentários

Topo