Menu Papel POP

Gisele Bündchen conta que já pensou em se suicidar :(

MAIS SOBRE:

A vida de supermodelos pode parecer perfeita, mas Gisele Bündchen, em seu novo livro de memórias, Lessons: My Path to a Meaningful Life, conta sobre seus problemas de saúde mental que enfrentara no passado – como até pensamentos sobre suicídio.

O livro sai no dia 2 de Outubro, mas, antes disse, a modelo revelou a People que, no início dos anos 2000, ela enfrentou sérios problemas com ansiedade e ataques de pânico. Depois de um vôo em 2003, Gisele adquiriu medo de espaços pequenos e fechados, como túneis e elevadores, deixando-a se sentindo “impotente”.

“Eu tinha uma posição maravilhosa na minha carreira, eu era muito próxima da minha família e sempre me considerei uma pessoa positiva, então eu estava realmente me martirizando. Tipo, ‘Por que eu deveria estar sentindo isso?’ Eu senti que eu não era permitida a me sentir mal. Mas me senti impotente. Seu mundo se torna cada vez menor e você não consegue respirar, o que é o pior sentimento que já tive.”

Quando os ataques de pânico começaram a emboscá-la, mesmo em sua própria casa, Bündchen diz que ela pensou em suicídio.

“Eu realmente tive a sensação de: ‘Se eu simplesmente pular da minha varanda, isso vai acabar, e eu nunca terei que me preocupar com esse sentimento do meu mundo desmoronando'”.

Depois de ver um especialista, que receitou Xanax, ela decidiu que não queria depender de medicação.

“O pensamento de ser dependente de algo parecia, na minha opinião, ainda pior, porque eu pensava: ‘E se eu perder essa [pílula]? Então o que? Eu vou morrer?’ A única coisa que eu sabia era que precisava de ajuda.”

Gisele também comentou sobre seu relacionamento com Leonardo DiCaprio, já que estava com ele nesta época de ataques de pânico contínuos. Conta que terminou seu relacionamento com o ator porque se sentia sozinha.

“Todo mundo que cruza nosso caminho é um ensinamento; eles entram em nossas vidas para nos mostrar algo sobre nós mesmos”, disse ela sobre DiCaprio. “E eu acho que é o que ele era. O que é bom versus ruim? Eu o honro pelo que ele era”.

Por último, a modelo comentou que colocou silicone nos seios depois de ter filhos, Benjamin e Vivian. Segundo Gisele, seus peitos estavam menores e “desiguais” e decidiu fazer um boob job, mas que se arrependeu instantaneamente.

“Quando acordei [da cirurgia], fiquei tipo: ‘O que eu fiz?’, Senti que estava vivendo em um corpo que não reconhecia. No primeiro ano eu usava roupas largas porque me sentia desconfortável”.

Ela contou que seu maridão, Tom Brady, ele apenas disse: “Eu te amo, não importa o que [aconteça]”, diz ela. “Esta foi definitivamente outra lição: o que não mata te faz mais forte. Mas eu gostaria de ter aprendido isso de uma maneira diferente”.

 

Comentários

Topo