Menu Papel POP

Steven Tyler não quer que Donald Trump use as músicas do Aerosmith!

Eita! O vocalista do Aerosmith, Steven Tyler, não quer que suas música sejam usadas ~de jeito nenhum~ em eventos presidenciais de Donald Trump.

A equipe de Tyler enviou ao presidente uma notificação extrajudicial depois de descobrir que Trump usou a faixa anti-conservadora da banda, Livin’ On The Edge, em um comício na Virgínia na última terça-feira (22). Parece que Trump não recebeu a mensagem alta e clara de que Tyler não é seu fã, já que não é a primeira vez que o presidente usa as músicas não autorizadas da banda. Em 2015, os representantes do músico o criticaram por usar Dream On durante sua campanha presidencial.

A Rolling Stone apontou que Tyler pode ser o único chateado com a situação, já que o resto do Aerosmith é defensor do atual presidente. O baterista Joey Kramer chegou a deletar uma foto do Instagram do grupo de um encontro casual com o ex-presidente Barack Obama, dizendo que ele “não representava o Aerosmith”. Ok, né?

Independente disso, Tyler não permitirá que suas músicas sejam associadas a Trump e deixou claro em uma carta à Casa Branca:

Chegou a nós o fato de que o Presidente Donald J. Trump e/ou a Organização Trump (coletivamente, ‘Sr. Trump’) têm usado a canção do nosso cliente ‘Livin’ On The Edge’ em conexão com comícios políticos (‘os comícios’), incluindo um evento que aconteceu ontem no Charleston Civic Center em Charleston, West Virginia, dia 21 de Agosto de 2018. Como destacado de forma expressiva em cartas anteriores, Sr. Trump não tem a permissão dos nossos clientes para usar quaisquer de suas músicas, incluindo ‘Livin’ On The Edge’.

(…)

Além disso, a voz do Sr. Tyler é facilmente reconhecível e central para a sua identidade, e qualquer uso dela faz apropriação indébita dos seus direitos de publicidade. Sr. Trump não tem nenhum direito para usar o nome, imagem voz ou semelhança do nosso cliente sem a sua permissão expressa por escrito.

Será que Trump não se incomodou em ouvir a letra de Livin’ On The Edge? É uma das músicas mais políticas do Aerosmith: fala sobre assuntos como religião ao racismo – não exatamente a marca da política dele.

Aí embaixo um vídeo que mostra a música tocando no evento.

Comentários

Topo