Menu Papel POP

Linn da Quebrada cobra posicionamento do Uber por preconceito sofrido

MAIS SOBRE:

Na noite passada, a cantora e artista Linn da Quebrada relatou na sua conta pessoal do twitter um caso de preconceito que sofreu com um motorista do aplicativo Uber.

Segundo Linn, o motorista do Uber, ao chegar no local no embarque, não a deixou entrar no carro por ela ser uma travesti. Na thread ela conta que não foi a primeira vez que isso ocorreu, e que já realizou diversas denúncias, para o aplicativo, dos assédios e constrangimentos passados com os motoristas do mesmo.

O Uber, que durante esse ano realizou algumas campanhas a favor da diversidade e tinha um carro na parada LGBTQ de São Paulo, ainda não se pronunciou.

Comentários

Topo