Menu Papel POP

Billionaire Boys Club, novo filme com Kevin Spacey, arrecada apenas 126 dólares em sua estreia

Segundo o Hollywood Reporter, o mais novo filme estrelado por Kevin Spacey não está sendo um sucesso de audiência, e suas acusações de assédio sexual e pedofilia podem ter ajudado nisto. O longa foi lançado nesta sexta-feira (17) em apenas 10 cinemas espalhados nos EUA, e ganhou 126 dólares no dia de estreia (!!)

Durante todo o final de semana, o Billionaire Boys Club pode nem conseguir chegar a US$ 1 mil – e é, de longe, o maior fracasso comercial de um filme estrelado por Spacey.

O filme ~indie~ tem no elenco também Ansel Elgort, Taron Egerton, Emma Roberts, Jeremy Irvine, Cary Elwes, Judd Nelson e Billie Lourd. É um remake do clássico filme feito para TV, exibido em 1987, e conta a história real do grupo homônimo e de seu fundador, Joe Hunt, que foi condenado em 1987 por matar Ron Levin (interpretado por Spacey, no remake).

Em uma declaração no início de julho, a distribuidora do filme, a Vertical Entertainment, disse que “não era uma decisão fácil nem insensível”, lançar o filme nos cinemas.

“Esperamos que essas alegações angustiantes relativas ao comportamento de uma pessoa – alegações que não eram conhecidas publicamente quando o filme foi feito há quase dois anos e meio e de alguém que tem um pequeno papel em Billionaire Boys Club – não prejudiquem o lançamento do filme. No final, esperamos que o público tome suas próprias decisões quanto às alegações repreensíveis do passado de uma pessoa, mas não à custa de todo o elenco e equipe presentes neste filme.”

O Billionaire Boys Club, que foi lançado primeiramente na web, não está sendo exibido em Los Angeles e nem em Nova York. Em vez disso, os 10 cinemas estão em Phoenix, Minneapolis/St. Paul, New Orleans, a área de Hartford/New Haven, Miami e Sarasota na Flórida.

O drama possui apenas 13% de aprovação no  Rotten Tomatoes, com apenas uma crítica positiva.

Comentários

Topo