Menu Papel POP

Adam Levine faz confusão e apaga tweets em que criticava indicações ao VMA

MAIS SOBRE:

Adam Levine se precipitou e errou a mão no Twitter. Após publicar uma série de tweets nesse fim de semana, o cantor se confundiu ao checar a lista de indicados e teve uma postura bem “Kanye West VMA 2009”, dizendo que faltavam indicações para Childish Gambino na premiação deste ano.

“Neste ano, Childish Gambino lançou um dos mais impactantes, provocativos e inteligentes videoclipes já feitos. Eu tenho certeza de que ele não liga se não for nomeado para um VMA, porque ele é super legal, mas eu ligo. Eu não sou tão legal e ainda quero que a MTV volte a ser algo significativo. Mas não vai funcionar”.

O tweet foi apagado logo em seguida, porque tudo não se tratou de uma confusão. “This Is America” está nomeado em SETE categorias – entre ela, a de vídeo do ano.

Não demorou e o pedido de desculpas veio:

“Merda, quase nunca falo demais, mas desta vez falei. “This is America” foi indicado em 7 categorias. Como não tive as informações corretas, estou me retratando. Desculpe, MTV, ainda te odeio, mas foi mal”

Esta não é a primeira vez que o cantor se opõe às escolhas da emissora para o prêmio. Desde 2011 ele tece críticas e, no ano passado, durante a noite de entrega, usou o Twitter para dizer que “era sempre empolgante ver quão horrível é o VMA”.

Dá pra conferir a lista completa de indicados desta edição clicando aqui.

Comentários

Topo