Menu Papel POP

Jude Law explica por que Dumbledore não será “explicitamente gay” em sequência de “Animais Fantásticos”

A grande polêmica em torno da sequência de “Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald” com certeza é o aprofundamento da sexualidade de Albus Dumbledore na narrativa.

No início deste ano, o diretor do filme, David Yates, enfrentou uma série de críticas ao afirmar que a paixão do ex-diretor de Hogwats pelo feiticeiro rival, Gellert Grindelwald, não teria destaque no derivado.

A gente queria? A gente queria, pra ser mais exato, desde o instante em que J.K. Rowling, autora da saga, revelou a informação no Twitter.

Desta vez quem tentou amenizar um pouco as coisas foi Jude Law, que interpreta Dumbledore em uma fase mais jovem da vida. Questionado sobre os comentários feitos pelo diretor, o ator disse que talvez isso tenha acontecido porque o personagem é cheio de faces:

“A sua sexualidade não necessariamente te define. O que as pessoas tem que lembrar é que este é somente o segundo filme de Animais Fantásticos e que o que é brilhante sobre a escrita de Jo é como ela revela seus personagens, .

Law ainda disse que há uma série de coisas por vir em relação à história de Dumbledore.

“Aprendemos um pouco sobre seu passado no início deste filme e os personagens, suas relações, irão ser descobertas naturalmente – algo que me deixa empolgado para revelar, mas nós não vamos fazê-lo de uma vez”.

O ator também comentou sobre seu contato com Johnny Depp, que interpreta Grindelwald. Segundo ele, esse encontro ainda não aconteceu:

“De várias formas é adequado ao relacionamento, já que faz muitos anos desde que eles se viram. Há uma complexidade nisso tudo que é divertida para mim. Mais uma vez o passado se revela.”

“Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald” estreia em 16 de novembro nos Estados Unidos.

Comentários

Topo