Menu Papel POP

Elenco de Guardiões da Galáxia pede a volta de diretor após escândalo com tweets antigos

Em um comunicado publicado no início da tarde desta segunda-feira (30), o elenco de “Guardiões da Galáxia” declarou que gostaria muito que o diretor da franquia, James Gunn, fosse readmitido.

Para quem não sabe, Gunn foi demitido na última semana após ter uma série de tweets antigos seus resgatados. O conteúdo das publicações envolvia comentários bastante comprometedores sobre pedofilia e estupro.

Eximindo-se de qualquer sentimento de defesa em relação às atitudes de Gunn, Chris Pratt, Zoe Saldana, Bradley Cooper e Vin Diesel disseram na carta que não estavam a fim de “passar pano” em ninguém: a decisão de se posicionar em favor da volta do diretor foi pensada estrategicamente em função dos rumos que a produção poderia tomar dali em diante.

Pelo Instagram, Chris Pratt reforçou a ideia e disse que embora as piadas “fossem inapropriadas, Gunn é um homem bom”. Para além dos pedidos feitos pelos protagonistas, cerca de 330 mil pessoas (!) também assinaram também uma petição, disponível no site Change.org, solicitando a volta do diretor.

Vem ler o comunicado, na íntegra:

“Para nossos fãs e família:

Todos nós apoiamos James Gunn totalmente. Ficamos todos chocados com sua repentina demissão na última semana e esperamos propositalmente esse tempo para que pudéssemos pensar, rezar, ouvir e discutir tudo. Fomos encorajados por todos os fãs que desejavam a volta de James para o elenco, assim como desencorajados também por aqueles que tão facilmente caíram em mentiras criadas em torno de teorias da conspiração que estavam em torno dele.

Estar na produção de “Guardiões da Galáxia” é uma grande honra para todos. Não podemos deixar esse momento passar sem expressar nosso amor, apoio e gratidão a James. Não estamos aqui para defender suas piadas feitas há anos atras, mas sim compartilhar nossa experiência de anos dentro dos sets de Guardiões 1 e 2. O caráter que ele mostrou quando foi despedido é o mesmo que ele apresentava todos os dias no set, e seus pedidos de desculpa que não são recentes mas já de longa data, acreditamos ser sinceros e de seu coração, coração esse confiamos, conhecemos a amamos. Ao nos chamar para contar histórias de desagregados que encontram a redenção, ele mudou nossas vidas. Acreditamos que a redenção e o perdão são temas mais que necessários nesse momento.

Cada um de nós espera um dia voltar a trabalhar com James no futuro. Sua história ainda não terminou.

Existe um processo específico para quem passa sobre a opinião pública dessa forma. James não foi o primeiro e nem será o último a ser colocado em julgamento. Em vista da grande divisão política que existe no nosso país, é seguro dizer que eventos como esse continuarão acontecendo, apesar de acreditarmos que os Americanos conseguirão enxergar além do espectro político e superar a perseguição a personalidades públicas e à alienação de suas opiniões.

É nossa maior esperança que consigamos traduzir em palavras toda a responsabilidade ao tomarmos pra nós a liberação de um comunicado como esse, procurando sempre as palavras certas. E que nós, enquanto sociedade, possamos aprender com essa experiência e que no futuro possamos pensar duas vezes antes de decidir o que queremos expressar. Assim, num constante processo de aprendizado, conseguiremos nos ajudar a crescer e a nos curar ao invés de machucarmos uns aos outros. Obrigado por tomar um pouco do seu tempo para ler nossas palavras.

Os Guardiões da Galáxia;”

Até agora não houve nenhum posicionamento oficial da produtora.

 

Comentários

Topo