Menu Papel POP

Dakota Fanning sobre ter sido uma criança famosa: “Tenho que defender a vida que tive”

Atriz durante quase toda sua nem tão longa vida, Dakota Fanning disse em entrevista à revista Variety que não gosta que as pessoas sintam pena dela por ter se tornado famosa tão jovem.

Segundo a atriz, ainda são frequentes os questionamentos sobre a oportunidade de ter sido uma criança anônima e ter usufruído de uma educação tradicional.

“Eu sinto que tenho que defender a vida que tive, e você ouve alguém dizer o tempo todo que você precisa ser recompensada por algo perdido. Você vive nessa linha de defesa, mas não muito, porquê não tenho nada para defender”.

Dakota, ~que não é obrigada a nada~, ainda disse que não se arrepende das escolhas que fez e que ao relembrar seu passado o faz de uma forma muito positiva.

“Quando olho para trás e penso nas experiências que a vida de atriz me trouxeram, eu simplesmente não conheço outras pessoas da nossa idade que estiveram nos lugares em que nos conhecemos e conhecemos também a todos os tipos diferentes de pessoas e amizades. Isso é muito importante para a minha vida e me machuca um pouco quando as pessoas tentam de alguma forma transformar isso em algo negativo e não gosto disso.”

Agora com 24 anos, Dakota começou sua carreira aos 5. Aos 7, teve seu primeiro papel fixo, estrelando ao lado de Sean Penn o longa “I Am Sam”. No momento, a atriz interpreta uma das protagonistas da série “The Alienist“, a detetive Sara Howard.

 

Comentários

Topo