Menu Papel POP

Atitude, figurinos maravilhosos e letras políticas no rap LGBT do Quebrada Queer

Junho é o mês do orgulho LGBT e, a cada novo artista lançado com trabalhos voltados para a temática, a gente sente que a luta se intensifica <3

Foi justamente dentro desta proposta que os amigos Murillo Zyess, Guigo, Harlley, Lucas Boombeat e Tchelo Gomez se juntaram e formaram o primeiro grupo gay de rap, o Quebrada Queer.

Lançado de maneira independente, o projeto liberou no início deste mês seu primeiro videoclipe, uma espécie de apresentação.

Além dos figurinos deslumbrantes, o Quebrada Queer convida a uma reflexão sobre a representatividade LGBT no rap, considerado um dos cenários da música mais opressores para mulheres e homossexuais, e a homofobia.

Para isso, eles cantam sobre luta, comportamento, e claro, amor.

Assista!

O recado, é um só: “aceita, atura, ou surta”. É isto.

Comentários

Topo